Associação de apoio a deficientes inaugura casa no Cartaxo

Casa albergará cinco utentes com autonomia e 12 com elevado grau de dependência
13 de março de 2013 - 11h47



A Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (APPACDM) de Santarém inaugura no próximo dia 27, no Cartaxo, a Casa João Manuel (lar e residência autónoma), ponto alto da celebração dos 42 anos da instituição.



Luís Amaral, presidente da direção da APPACDM de Santarém, disse à agência Lusa que o mês de março é dedicado à celebração do aniversário da instituição, que se assinala na sexta-feira com um bolo e a celebração de uma missa (na capela da quinta situada no Vale de Santarém onde, até ao início da década de 1970, esteve instalada uma congregação religiosa).



A inauguração da casa no Cartaxo, “um sonho adiado” durante vários anos por falta de apoio público, está marcada para o próximo dia 27, embora os cinco utentes com autonomia e os 12 com elevado grau de dependência já se encontrem instalados.



“Este é o ex-líbris das comemorações deste ano”, disse Luís Amaral, frisando a satisfação por estar finalmente em funcionamento uma estrutura que vem dar resposta a utentes que deixaram de ter apoio familiar ou cujos pais já não têm condições para lhes dar assistência e que resulta da vontade dos doadores do terreno, um casal que teve um filho deficiente, e que legou a sua casa de férias para este fim.



“A partir de determinada idade, as famílias têm muitas dificuldades” em cuidar de pessoas com elevado grau de dependência e que exigem muitos cuidados e atenção, disse, adiantando que a instituição tem mais 30 utentes em lista de espera para os quais vai ser necessário encontrar respostas.



“Já estamos a pensar noutra (estrutura). Ainda é uma ideia. Temos vindo a falar com as câmaras municipais de Santarém e do Cartaxo, ou para encontrarmos terreno ou mesmo para adaptação de algum edifício”, afirmou Luís Amaral, lembrando que o próximo quadro comunitário de apoio terá fundos para a área social.

Comentários