Apenas metade dos idosos aproveitaram vacinas gratuitas da gripe

Ainda assim registou-se um aumento de 6,5% na adesão à vacinação

3 de julho de 2014 - 08h51



No último outono e inverno, 49,9% dos idosos com mais de 65 anos recebeu a vacina contra a gripe, distribuída de forma gratuita nos centros de saúde e farmácias, de acordo com um estudo do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA), escreve o jornal Público.



As estimativas da Direção-Geral de Saúde (DGS) apontavam para uma adesão de 60% mas um relatório do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA), divulgado esta terça-feira (02.07), revela que só 49,9% dos idosos com mais de 65 anos recebeu a vacina contra a gripe na época 2013-204.



Ainda assim, registou-se um aumento de 6,5% na adesão à vacinação em relação ao ano anterior que pode ser explicado pelo facto de os idosos se estarem a habituar a ter estas vacinas gratuitas nas farmácias e centros de saúde.



Um relatório anterior da Sociedade Portuguesa de Pneumologia e da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar dava conta de que, em Dezembro, 62% dos idosos tinham sido vacinados. As diferentes metodologias aplicadas nos estudos justificam esta discrepância.



Mas a Organização Mundial de Saúde vai mais longe e estipula como meta a atingir a vacinação de 75% da população idosa, de acordo com o Público.



Já no que diz respeito à população em geral, o relatório do INSA revela que 17,1% dos portugueses foram vacinados.



Por SAPO Saúde

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários