Angola usa paragens de comboio para reforçar vacinação das crianças

As autoridades de saúde angolanas e os Caminhos-de-Ferro de Luanda vão promover em conjunto, na sexta-feira, uma campanha de vacinação de crianças até dois anos, para atualização do calendário nacional.
créditos: Lusa

Segundo a chefe de secção de vacinação do Gabinete Provincial de Saúde de Luanda, Felismina Neto, a ação visa aumentar a cobertura e introduzir a segunda dose da vacina contra o sarampo, mas vão ser administradas ainda as vacinas contra a pólio, tétano, hepatite, febre-amarela, pentavalente e rotavírus, entre outras.

Nos nove ramais do Caminho-de-Ferro de Luanda, no trajeto Bungo-Viana, mais de 60 técnicos de saúde vão também promover campanhas de sensibilização para mães e passageiros em geral, com apelos para se dirigirem aos postos fixos instalados nas paragens, tendo em conta a forte afluência neste meio de transporte.

"Apesar da prioridade recair para crianças menores de dois anos, serão também abrangidas outras menores de cinco anos, que por algum motivo ainda não foram vacinadas", disse Felismina Neto, em declarações à agência noticiosa angolana, Angop.

Esta ação decorre no âmbito da campanha nacional de vacinação de rotina, iniciada no final de setembro passado, com fim previsto para a primeira quinzena de dezembro, e que pretende vacinar mais de 100 mil crianças menores de dois anos.

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários