Analgésicos solúveis podem ser perigosos para a saúde

Alguns destes fármacos efervescentes podem provocar problemas cardíacos e AVCs
27 de novembro de 2'13 - 14h14



Alguns analgésicos solúveis podem, quando tomados regularmente, representar risco para a saúde devido à grande quantidade de sal que contêm, adverte um estudo publicado hoje pelo British Medical Journal (BMJ).



Algumas fórmulas destes fármacos efervescentes, se tomados diariamente na sua dose máxima, podem provocar problemas cardíacos e Acidentes Vasculares Cerebrais (AVC), segundo a investigação, a cargo do médico Jacob George, do Hospital Ninewells de Dundee, na Escócia.



O médico analisou os casos de 1,2 milhões de pacientes no Reino Unido e encontrou uma relação entre o consumo destes fármacos e a incidência de ataques cardíacos e AVC.



A Fundação Britânica do Coração assinalou, no entanto, que a investigação se refere concretamente a pessoas que tomam estes medicamentos diariamente, explicando que se forem tomados ocasionalmente não prejudicam a saúde.



Segundo a investigação, muitos efervescentes têm uma grande quantidade de sal porque, para que possam dissolver-se, devem conter bicarbonato, que costuma ser misturado com sal.



"Sabemos que altos índices de sal causam hipertensão e a hipertensão leva ao AVC", disse Jacob George, sublinhando que há muitas pessoas que compram estes medicamentos sem prescrição médica.



O estudo revela que, em alguns medicamentos, o nível de sódio atinge os 18 mmol (unidade que mede a quantidade de substâncias químicas).



A quantidade máxima recomendada de sódio para um adulto no Reino Unido é de 104 mmol por dia, o equivalente a seis gramas de sal.



A Agência Reguladora dos Medicamentos e Cuidados de Saúde disse que analisará cuidadosamente os resultados desta nova investigação.



SAPO Saúde com Lusa
artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários