A medicina da reprodução em análise no mês de todas as mães

O evento terá lugar no Grande Hotel do Luso, na Mealhada.

30 de abril de 2013 - 16h39

Ter filhos é o sonho de muitas mulheres, mas por vezes existem complicações que tornam esse desejo um pouco mais difícil de concretizar. As Jornadas Internacionais de Estudos da Reprodução discutem os tratamentos para mulheres que têm dificuldade em engravidar.

As principais preocupações da Sociedade Portuguesa de Medicina da Reprodução (SPMR) vão estar em análise, nestas Jornadas serão debatidas temáticas como a possibilidade de personalização dos tratamentos de fertilidade, a escolha de tratamentos baseada na evidência ou as consequências da limitação ao número de ciclos de tratamentos no setor público.

Vaz Carneiro e Calhaz Jorge, Isabel Reis, Guilherme de Oliveira, Sérgio Reis Soares e Ana Pereira são alguns dos especialistas presentes neste evento, que terá lugar no Grande Hotel do Luso, na Mealhada.

A sessão de abertura das Jornadas terá inicio às 14.30h e durante dois dias os oradores irão discutir os seguintes temas: o “Estado da arte em andrologia”, “Medicina da reprodução baseada da evidência”, “Futilidade terapêutica: quando dizer basta!”, “Gestação de substituição”, “Repensar o endométrio” e “Células estaminais em medicina da reprodução”.

Lusa

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários