O segredo dos corpos dos famosos

Pedro Baptista, treinador pessoal de algumas figuras públicas nacionais, revela os 12 segredos de fitness que todos nós devemos saber para conseguir ficar como elas

Pedro Baptista concorda que a falta de tempo não é desculpa nenhuma para fazermos desporto. Se praticarmos menos, devemos fazê-lo melhor. Defende um treino intenso mas curto... E considera ainda que a rotina ideal de treino é «treinar todos os dias da semana, entre 40 a 45 minutos por dia, alternando os grupos musculares, para que uns possam recuperar enquanto outros são exercitados», sugere.

Para este treinador pessoal, os exercícios com melhores resultados são aqueles em que «podemos trabalhar o máximo possível de grupos musculares ao mesmo tempo», considera. De acordo com Pedro Baptista, se não dói… «é porque é coisa boa!», garante. Estes são, na sua opinião, os 12 segredos de fitness que todos devíamos saber:

1. Aprenda a ver o exercício como um benefício e não como castigo

Este é um dos lemas a interiorizar urgentemente. «O exercício só pode ser um beneficio, uma vez que só traz vantagens ao nosso bem-estar», considera o desportista.

2. Comer bem é já 80% da batalha

«Uma alimentação de qualidade, com os nutrientes e sais minerais essenciais ao bom funcionamento do organismo, irá fazer com que a produtividade em termos de trabalho desportivo seja superior. Assim, atingem-se os resultados mais rapidamente», assegura Pedro Baptista.

3. Pensar a longo prazo e gerir os dias de treino como se fossem compromissos de agenda

«Deve encará-los não como uma obrigação, mas encarando o exercício físico como um associado que irá contribuir para a saúde física e mental», refere o treinador pessoal.

4. Treinar com um personal trainer vale o custo

«Claro que depende do trabalho que é desenvolvido pelo profissional», sublinha Pedro Baptista. Mas, à partida e em teoria, esse esforço vale o investimento.

5. Não tem de ter uma sessão com o treinador pessoal todas as semanas

Um acompanhamento semanal é mais benéfico mas pode não ser decisivo. «Claro que isso depende dos objetivos que pretende atingir», sublinha Pedro Baptista.

6. Só se vai notar o trabalho duro se houver trabalho duro!

Ah pois é! «Não há milagres, pois só se alcançam os resultados se houver trabalho», assegura o especialista.

Veja na página seguinte: O problema do exercício físico eficaz

Comentários