Mitos das dietas - Parte II

São inúmeros os mitos sobre a sua alimentação, tornando-se fundamental desmistificar algumas questões para uma alimentação mais correta e saudável

No seguimento de um artigo anterior "Mitos das dietas - Parte I", resolvi escrever a sua continuação.

São inúmeros os mitos que se mantêm em relação à alimentação, tornando-se fundamental conseguirmos desmistificar estas questões para termos uma alimentação mais correta, mais saudável e acima de tudo com informação verdadeira.

Os alimentos light ajudam sempre a perder peso

Os alimentos light supostamente baixos ou livres de gordura não são necessariamente baixos em calorias.

De facto, estes alimentos podem estar ainda mais carregados de calorias do que os alimentos mais "tradicionais". Isto acontece já que normalmente contêm açucares extra para aumentar o seu sabor e textura.

Comer à noite impede a perda de peso

Muitas pessoas pensam que realizar refeições à noite faz com que o seu corpo acumule mais gordura, visto ser energia que ingerimos e que não é gasta.

Na verdade não é comer à noite que impede a perca peso, mas sim o consumo exagerado de calorias durante o dia.

O mais importante para perder peso é ingerir menos calorias em cada dia independentemente das horas que consome as calorias.

Quanto mais calorias cortar na dieta, mais peso perco!

Na verdade, se queremos perder peso temos de baixar as calorias, mas fazer dessa diminuição a sua prioridade, não a irá ajuda a livrar-se dos quilos extra.  

Além disto, se diminuir drasticamente as calorias que consome, o seu corpo baixa o ritmo de trabalho, habitua-se a trabalhar com menos calorias impedindo a baixa de peso.

Comer gordura, faz-me ganhar gordura

Assim como não deve cortar por completo nos hidratos de carbono ou nas proteínas, também não deve cortar por completo nas gorduras, pois desempenham papeis fundamentais no nosso corpo e na perda da mesma gordura.

O ideal é consumir fontes de gordura saudáveis, como o azeite, o óleo de coco, amendoim.   Como todos os outros alimentos, a gordura deve ser comida com moderação.

Esta dieta faz-me perder 6 quilos em duas semanas!

Na verdade pode mesmo perder este peso em tão pouco tempo mas não é real nem duradouro. Para perder tanto peso em tão pouco tempo tem de baixar drasticamente as calorias que ingere, não sendo sustentável durante muito tempo. Assim que volta a normalizar a sua alimentação recupera todo o peso perdido.

Tenha noção que para perder 1 quilo de gordura, necessita de eliminar cerca de 7000 calorias. Fazendo contas, mesmo que corte calorias e pratique exercício fisico e consiga um défice calórico aceitável de 1000 calorias dia, necessita de uma semana para perder 1 quilo de gordura.

artigo do parceiro:

Comentários