Evite as consequências do excesso de treino

Aprenda a detetar os sinais que o seu corpo lhe dá, antes que seja tarde demais

Como se costuma dizer, os excessos nunca são positivos e o exercício físico não é exceção! Nem sempre treinar demais significa mais progresso ou melhores resultados.

Existem alguns sinais que o corpo lhe transmite e que deve perceber para não entrar num estado de fadiga elevado onde a sua evolução estagna e os resultados podem até retroceder.

1 - Diminuição da performance desportiva

Diminuição na velocidade, força, resistência, tempo de recuperação e reação

2 -  Fadiga geral

Sensação de cansaço geral mesmo depois de descansar. Sente-se letárgico e as tarefas básicas são cansativas.

Dificuldade de concentração e falta de memória

3 - Sono perturbado

Dificuldade em adormecer, acordar a meio do sono, sonolento durante o dia

 4 - Perda de peso

Perda de peso mesmo sem um défice calórico. Existe perda de tecido muscular e não de tecido adiposo (gordura)

5 - Batimentos cardíacos fora do normal

Batimentos cárdicos acima ou abaixo do normal em repouso

6 - Emocional

Desinteresse nas tarefas do dia-a-dia, facilmente irritável, depressivo, instável emocionalmente

7 - Fisicamente

Músculos doridos, pernas pesadas, diarreia, perda de apetite

É muito importante prestar atenção aos 7 sinais referidos que podem fazer a diferença entre a continuação do progresso ou a estagnação, e muitas vezes o retrocesso.

Quanto mais tempo viver na prática de excesso de treino, mais difícil será a recuperação.

A melhor forma de se prevenir é utilizando um plano de treino devidamente periodizado e uma alimentação adequada ao objetivo.

artigo do parceiro:

Comentários