Em forma com a elíptica

Saiba como tirar o máximo partido desta aliada da boa forma física

Replica o movimento que fazemos quando subimos degraus e combina-o com o do ski, promovendo um treino aeróbio de grande eficácia e impacto reduzido.

Assume-se como alternativa à corrida e ao step e tem uma grande vantagem. Para usufruir dos seus resultados, não precisa de sair de casa. Mas antes de investir, tome nota dos principais aspetos a ter em conta de acordo com a American College of Sports Medicine. E bom treino!

Comprar uma elíptica exige o mesmo grau de empenho que a compra de um carro. Aplique a regra do test drive e experimente diferentes aparelhos, de forma a perceber o que melhor se adapta a si. É essencial que se sinta confortável. Assegure-se de que o movimento é suave e a sua trajetória descreve uma elipse e não um círculo, que aumenta a agressão para os joelhos e ancas.

Confira as funcionalidades do aparelho. As elípticas com resistência do ar (mais comuns e económicas) devem dispor de um mostrador com indicação do tempo de utilização, distância percorrida, média de velocidade, dispêndio calórico e grau de intensidade. Os modelos eletromagnéticos (mais caros) incluem, ainda, a opção de pré-programação do treino.

Regras de segurança

Certifique-se de que o aparelho tem uma construção sólida (essencialmente, que não começa a ranger ao fim de poucos minutos de utilização), que lhe permita fazer exercício em segurança. Eventuais falhas técnicas podem resultar em lesões causadas pelo mau funcionamento do aparelho. Mantenha as costas direitas, os ombros para trás, o queixo a 90 graus, os abdominais contraídos e segure os apoios com as mãos.

Não deve inclinar-se para a frente. O tronco deve estar sempre perpendicular ao chão, pelo que, se não se sentir confortável nessa posição, deve adaptar a máquina à sua estatura. Apoie totalmente os pés nos pedais, com a biqueira virada para a frente. As ancas devem manter-se paralelas aos ombros, sem movimentos laterais exagerados e sem que os joelhos se toquem entre cada passada.

À medida que for aumentando a resistência do treino, a velocidade das passadas diminui. Nessa altura, pode tirar as mãos dos apoios e concentrar-se só no movimento das pernas. Se, durante o treino, sentir dores nas articulações, faça uma pausa. Os músculos precisam de tempo para se habituarem ao movimento.

Como escolher o equipamento certo

A escolha do calçado é, muitas vezes, negligenciada, por se considerar que qualquer uma serve. Isso é um erro. A prática de atividades aeróbias exige ténis estáveis, flexíveis e que amorteçam o impacto da passada. No caso da elíptica, os ténis devem, acima de tudo, oferecer estabilidade lateral, de forma a proteger contra entorses e a manter o pé perfeitamente alinhado com os pedais. Evite peças de roupa muito justas, optando por tecidos soltos e leves que permitam a evaporação rápida da transpiração.

Elíptica em números

Os valores que lhe dizem como tirar o máximo partido do equipamento:

- 150 minutos é o tempo mínmo recomendado de treino semanal

- 158 kg é o peso máximo que a maior parte das elípticas suportam

- 90 calorias é o dispêndio calórico de uma mulher que pese 60 quilos após 10 minutos de treino

- 149 euros é o preço a partir do qual pode encontrar aparelhos de qualidade, em lojas de artigos desportivos

Texto: Nelma Viana

artigo do parceiro:

Comentários