Atletas: Uma boa alimentação chega?

Todos necessitamos de vitaminas e minerais para uma boa saúde física. No caso dos atletas, esta necessidade aumenta, devido ao maior desgaste físico.

Todos necessitamos de vitaminas e minerais para uma boa saúde física. Estes são necessarios em distintos processos metabolicos que são fundamentais para o bom funcionamento do nosso organismo. No caso dos atletas, esta necessidade aumenta, devido ao maior desgaste físico. Para quem pratica exercício físico, níveis baixos de vitaminas representam uma maior fadiga e recuperação pós treino mais lenta. Estudos recentes, revelaram que mesmo os produtos orgânicos, não fornecem a quantidade suficiente de vitaminas e minerais que um atleta necessita. A questão que se coloca é: suplementação, sim ou nao? SIM! No entanto, desengane-se, se acha que os suplementos podem apagar as más escolhas alimentares. Faça escolhas acertadas na hora de comer e pratique execricio de forma regular.

Se pratica desporto, saiba quais são as vitaminas e minerais que podem potenciar o seu rendimento e forma física.

As vitaminas do complexo B estão entre as mais importantes para manter uma boa saúde, essencialmente para aqueles que praticam exercício físico de forma regular, pois formam as células do sangue, melhoram o metabolismo e o sistema imunitário.

Biotina ou vitamina B7 – Ajuda os músculos a usar a glicose e promove o controlo de açúcar no sangue.

Ácido fólico ou vitamina B9 – Ajuda com a formação dos glóbulos vermelhos.

Niacina ou vitamina B3 – É importante na dilatação dos vasos sanguíneos, promovendo a circulação do sangue e na produção de energia.

Riboflavina ou vitamina B2 – Maximiza a absorção da comida e melhora a absorção do oxigénio para os músculos. Auxilia a produção de energia, pois ajuda a transformar os hidratos de carbono, gorduras e proteinas em energia.

Tiamina ou vitamina B1 – Quando ingerida com outras vitaminas do tipo B, a tiamina, pode elevar o nível de energia, aliviar a fadiga pós treino, além de melhorar o tempo de reação. Ajuda também a melhorar a saúde do tecido muscular, da função cardiovascular e do sistema nervoso.

Vitamina C – Uma das suas principais funções é a hidroxilação dos aminoácidos prolina e lisina para formar colagénio. Daí ser de extrema importância para o crescimento e manutenção dos ossos, dentes, gengivas, articulações, ligamentos, tendões e vasos sanguíneos, assim como para “soldar” fraturas e cicatrizar feridas e queimaduras.

Óleo de peixe – Contém ácidos gordos essenciais para construir e manter os músculos, como é o caso do ómega 3.

Cálcio – Bom suporte para os ossos. Contribui para a saúde dos músculos, coração e  nervos.

Colina – Ajuda a processar as gorduras e ajuda a transmitir os impulsos nervosos.

Coenzima Q10 - Desempenha um papel fundamental no metabolismo energético. Se apresentarmos níveis reduzidos desta vitamina, as nossas células não são capazes de produzir energia de forma eficaz.

Magnésio – O magnésio é um mineral que atua diretamente no metabolismo da glicose, na síntese de proteínas, na regulação dos transportadores de iões e nos processos de relaxamento e contração muscular, prevenindo sintomas como a fadiga, as cãibras e as contrações musculares.

Tomar suplementos pode ser uma opção bastante saudável para uma vida equilibrada. No entanto, quando adquirir algum tipo de suplemento, leia bem os rótulos e verifique se as fórmulas contêm muitos aditivos que não acrescentam qualquer valor ao produto. Aproveite e tome juntamente com as refeições para que tenha uma boa absorção.

artigo do parceiro:

Comentários