A modalidade que ajuda a manter a silhueta feminina em forma

O bodyjump, criado em Espanha, recorre a movimentos de minitrampolim, executados com ou sem barra de suporte. Descubra os benefícios dos exercícios físicos deste treino de fitness.

O minitrampolim é a figura principal desta modalidade, criada em Espanha por Ernesto Acosta, personal trainer. As motivadoras e enérgicas coreografias são acompanhadas de música e revelam-se de fácil execução. O bodyjump melhora a coordenação, o equilíbrio e a postura, com a vantagem de não prejudicar as articulações, pois o trampolim absorve 90 por cento do impacto. É útil para ativar a circulação, ajudando a evitar a celulite e a melhorar o sistema cardiovascular.

As zonas do corpo que mais beneficiam desta prática, as pernas, os glúteos, os gémeos, o abdómen e a zona lombar, são também conhecidas por serem críticas para a silhueta feminina, pois é precisamente nelas que a gordura tende a acumular-se. A adaptação ao aparelho é fácil e quanto mais confiança se ganha, mais e diversificados serão os movimentos.

Pode ser praticada por qualquer pessoa e em qualquer idade, pois o nível de força sobre o trampolim é adaptado à capacidade de cada indivíduo. Durante 55 minutos pode eliminar até 700 calorias. No site Eacsystem.es, pode encontrar mais informação sobre esta modalidade que tem vindo a ganhar maior projeção internacional nos últimos anos. Veja também 10 formas de exercitar o corpo (mesmo quando não temos tempo para o fazer)!

Texto: Rita Caetano

artigo do parceiro:

Comentários