5 exercícios para melhorar a sua saúde aos 50 anos

Nunca é tarde para começar a cuidar de si e da sua saúde.

Com o avançar da idade surgem diversas alterações no estilo de vida devido a problemas de saúde ou como consequência dos naturais processos de envelhecimento, que se caracteriza por um decréscimo das funções do organismo vivo em razão do tempo de vida.

Contudo, é recomendável a preocupação com aspetos relacionados com manutenção da saúde e qualidade de vida nesta faixa etária para que com isso se possa desfrutar do que a vida proporciona, respeitando os limites do corpo e nunca excluindo a hipótese de fazer o que lhe dá prazer.

Desta forma, o processo de envelhecimento é considerado dinâmico e progressivo no qual ocorrem alterações diversas, causando vulnerabilidade na pessoa. A Organização Mundial da Saúde define envelhecimento ativo como a otimização das oportunidades de saúde, com o objetivo de melhorar a qualidade de vida à medida que as pessoas ficam mais velhas, sendo um desafio individual, coletivo e universal.

5 Razões para praticar exercício com 50 anos

  1. Ajuda no controlo do peso e diminuição do risco de obesidade;
  1. O exercício traz benefícios de saúde, nomeadamente no que respeita à redução dos fatores de risco associados às doenças cardiovasculares, à diabetes, à osteoporose, entre muitas outras patologias;
  1. Estudos afirmam que atividade física regular no processo do envelhecimento pode mudar o humor, auxiliar nas tarefas diárias e nas relações interpessoais. De forma a inverter tais tendências de sedentarismo é necessário alterar os hábitos diários, estilo de vida, dieta alimentar, motivação e procurar um personal trainer que possa ajudar. Deste modo a atividade física pode se tornar divertida, afastando a pessoa do sedentarismo, diminuindo o uso de fármacos e antidepressivos. É importante que esteja ocupado e se sinta incluído na sociedade, por meio do interesse e práticas desportivas, de lazer, culturais.
  2. Reduz o risco de desenvolver dores lombares, pode ajudar no tratamento de situações dolorosas e reduz o risco do aparecimento de fraturas ósseas;
  3. Os exercícios físicos de força para adultos de idade avançada, são efetivos no aumento da força muscular, o que melhora a atuação das pessoas nas atividades diárias de vida. Com o decorrer dos anos existe um decréscimo da massa muscular. Este fenómeno denomina-se de Sarcopénia, e aos 50 anos, em indivíduos sedentários acresce a perda de massa muscular em 10%.

EXERCÍCIOS RECOMENDADOS (Prof. Luis Silva)

Agachamento com bola Suíça

Séries: 3 Repetições: 15 Descanso entre séries: 30 segundos Material: Bola Suíça Objetivo: Trabalho muscular das Pernas

Supino na bola Suíça com Halteres

Séries: 3 Repetições: 15 Descanso entre séries: 30 segundos Material: Bola Suíça e Halteres Objetivo: Trabalho muscular do Peito

Remada sentada na bola Suíça

Séries: 3 Repetições: 15 Descanso entre séries: 30 segundos Material: Bola Suíça e Elástico Objetivo: Trabalho muscular das Costas

Press de ombro sentado na bola Suíça

Séries: 3 Repetições: 15 Descanso entre séries: 30 segundos Material: Bola Suíça e Halteres Objetivo: Trabalho muscular dos Ombros

Prancha estática na bola Suíça

Séries: 3 Duração: 30 segundos Descanso entre séries: 30 segundos Material: Bola Suíça Objetivo: Trabalho muscular da Zona Abdominal

Referências Bibliográficas:
  • American College of Sports Medicine (1998B). Exercise and Physical Activity for Older Adults – Position Stand. Medicine and Science in Sports and Exercise, 30 (6), 992-1008.
  • Evans, W.J. (2001). Resistance Exercise, Aging, and Weight Control. Em graves, J.G e Franklin, B.A. (Ed). Resistance Training for Health and Rehabilitation. Champaign, IL: Humam Kinetics.
  • Hazell T, Kenno K, Jakobi J. Functional benefit of power training for older adults. J Aging Phys Act 2007; 15(3):349-359
  • Incarbone, Oscar. Melhor Idade. In. Revista Viver Nutrilite Brasil- ano 3, n°11, março de 2007.
  • World Health Report 2002: Reducing Risks, Promoting Healthy Life. WHO, Geneva, 2002.
  • Okuma, Silene Sumire. O Idoso e a atividade física: Fundamentos e pesquisa. Campinas, SP: Papirus, 1998-pg,83-201.
  • Organização Mundial da Saúde, 2001, 1-1. Saúde do Idoso. In: A influência das alterações Sensoriais na Qualidade de Vida do Idoso. Revista Científica Eletrônica de Psicologia- ano V,n°8, maio de 2007.
Tiago Rodrigues
Regional Master Trainer - Training Academy Holmes Place

artigo do parceiro:

Comentários