Tem a língua branca?

Se sofre de mau hálito ou simplesmente acabou de olhar para a sua língua e reparou que esta tem uma camada branca, saiba que isso quer dizer que está a sofrer de saburra lingual.
créditos: Pixabay

Conhecida também como saburra lingual, a língua branca é causada pelo surgimento de placas bacterianas que se encontram alojadas na língua e que são difíceis de remover. Na maior parte dos casos, estas provocam mau hálito, sendo que em casos mais graves, esta pode fazer com que as bactérias se alojem nos seus pulmões.

Características:
É importante que tome conhecimento, que a formação destas placas na língua não é normal e isso, pode estar relacionado com diversos factores, como é o caso da acumulação de bactérias, de resíduos de alimentos, da falta de saliva e ainda da descamação das células da mucosa bocal. Esta pode ser estimulada pela respiração através da boca, pelo ressonar, pelo uso de elixires com álcool e ainda pelo fato de morder os lábios, os dedos, ou até mesmo as bochechas. O stress e a ansiedade, podem ser também uma das causas que leva ao aumento da língua branca.

Diagnóstico e tratamento:
Descobrir se tem a língua branca é muito fácil, basta apenas que olhe para a sua língua e perceba se tem vindo a ter mau hálito, a boca seca ou até mesmo a língua áspera. Se sim, deve consultar um dentista e então fazer a avaliação do problema e identificar as causas.

Higiene:
Para combater este problema ou evitá-lo, a solução é beber muita água de forma a manter o corpo hidratado, fazer limpezas regulares no dentista e também em casa. Escovar a língua assim que lavar os dentes é essencial para afastar de vez este problema. Pode no entanto, utilizar a escova de dentes ou mesmo um raspador de língua, isto vai permitir eliminar as placas brancas existentes, sem causar nenhum tipo de lesão. No entanto, se só de pensar num raspador já fica enjoado, saiba que pode ver com o seu dentista outra forma de resolver o problema.

Leia mais: Elimine o tártaro acumulado

Escova a língua todos os dias?

artigo do parceiro:

Comentários