Dicas para combater a celulite

Parece que faz parte da condição da mulher! Independentemente da idade, do estilo de vida ou da condição física, poucas são as mulheres que não sofrem deste mal. Surge normalmente durante a juventude e não é de todo exclusiva de quem tem uns quilos a mais.

Surge em adolescentes e mulheres jovens e, se nada se fizer para a combater, rapidamente passará do aspeto “casca de laranja” quando se aperta a pele para algo que nos acompanhará pela vida fora e que se torna visível sem qualquer ajuda de “apertões na pele”.

Para identificarmos a melhor forma de a combater, temos que perceber o que é realmente a celulite. Trata-se de uma inflamação caracterizada por edema (inchaço) por retenção de líquidos e pelo aumento de células adiposas que provocam compressão do sistema venoso e linfático e perda da elasticidade dos tecidos. Os tecidos tornam-se fibrosos e formam nódulos subcutâneos.

Na origem da celulite estão vários fatores que normalmente não atuam sozinhos. Sem dúvida que há uma predisposição genética nas mulheres, nomeadamente a hereditariedade e desequilíbrio hormonal. Mas outros factores determinam e condicionam o aparecimento da celulite, como a falta de exercício físico, os maus hábitos alimentares, o stresse, o tabaco e outras condicionantes como problemas circulatórios.

Se não podemos controlar a carga genética e hereditária, podemos sim condicionar um conjunto de factores que fazem a diferença e estão somente nas nossas mãos… e na nossa vontade!

  • Regime alimentar equilibrado - Uma alimentação saudável ajuda o corpo a recuperar o seu equilíbrio bioquímico, criando um ambiente menos favorável ao desenvolvimento da celulite.
  • Reduzir no sal - O sal promove e aumenta a retenção de líquidos.
  • Combater a prisão de ventre - Quem sofre de prisão de ventre tem maior probabilidade de desenvolver celulite, pois o intestino não funciona corretamente, acumulando toxinas que a favorecem. Para ajudar a sua barriga a funcionar bem aumente a ingestão de fibras, beba muita água ao longo do dia, mastigue bem os alimentos e não vá para a cama de estômago pesado.
  • Algum exercício físico para melhorar a circulação - Para além de tonificar os músculos, a prática regular de actividade física, ajuda a abrir os vasos sanguíneos da pele e a manter o sistema de remoção de impurezas do organismo.
  • Hidratar e tonificar a pele – Não há pior que uma pele seca e estragada, e ainda por cima com celulite! Para além dos produtos que utiliza na sua higiene diária, poderá também recorrer a produtos específicos que ajudam no combate à celulite.
  • Tratamentos estéticos – Existem no mercado alguns tratamentos estéticos bastante eficazes que ajudam a combater a celulite. Há que identificar o que melhor se adequa a si (ao seu nível de celulite, ao seu estilo de vida, à sua actividade profissional e… também à sua bolsa).
  • Se tem peso a mais, emagrecer ajuda - A celulite tem na sua origem células gordas, logo o excesso de peso contribui para agravar o problema. Perder uns quilinhos a mais eliminará uma boa parte da celulite.
  • Com a ajuda de anticelulíticos orais chega lá mais depressa – Existem no mercado soluções próprias eficazes, para cada tipo de celulite, e com um período de tratamento relativamente curto. Informe-se na sua farmácia.

O mais importante: o resultado só é visível com a combinação efetiva de várias destas atitudes como um estilo de vida continuado! Desiluda-se, se quer resultados em poucos dias ou semanas. Uma solução rápida, indolor e de baixo custo só no plano dos milagres! Até que aconteçam, tenhamos fé, e implementemos estas dicas.

www.cinco-estrelas.pt

artigo do parceiro:

Comentários