Combata a insónia e durma melhor

15 regras para desfrutar de um sono reparador e acordar cheio de energia

Sabemos que, para quem sofre de insónias, dormir não é tarefa fácil, mas também não precisa de ser um bicho de sete cabeças. Experimente parar e analisar os seus hábitos e rotinas. Será que está a fazer tudo o que pode para assegurar uma noite tranquila?

Na hora de descansar, entram em jogo factores tão variados como o ambiente onde dorme, aquilo que comeu e a forma como passa o tempo que antecede o momento em que se deita.

Para o ajudar, revelamos-lhe 15 estratégias que ajudam a um sono reparador:

1. Mantenha o seu quarto tranquilo, confortável, fresco e arejado. Evite dormir com luz, ruído, calor ou frio excessivos pois estes factores vão alterar a qualidade do sono. Coloque tapetes e/ou cortinas pesadas no quarto porque ajudam a absorver os sons e conferem ao espaço a escuridão necessária para dormir bem.

2. Não veja televisão, nem coma ou trabalhe na cama. Existe uma relação mental entre o quarto de dormir e o sono que deve ser reforçada. Nesta divisão deve essencialmente dormir.

3. Evite fazer sestas se dorme mal.

4. Seja activo. Há pessoas que não adormecem facilmente porque não realizaram qualquer actividade estimulante (física ou psicológica) durante o dia. Canse-se. Faça caminhadas. Se estiver num sítio fechado durante o dia, tente passar sempre alguns momentos ao ar livre. A luz solar é um sincronizador essencial dos ritmos biológicos.

5. Deite-se apenas quando sentir sono. Ir para cama apenas porque «está na hora», forçando-se a adormecer, só lhe vai provocar ainda mais ansiedade. Se passados trinta minutos não tiver adormecido, levante-se e oiça música, leia um livro ou faça algo de relaxante sem se preocupar em dormir. Deite-se novamente quando sentir sono.

Comentários