15 dicas para ser mais saudável

Siga os conselhos de Joana Kouprianoff, naturopata, coach, changer e mestranda em Nutrição Clínica

1. Ter uma alimentação cuidada e procurar sempre a opção mais saudável enquanto escolhe a sua refeição. (biológico ou do quintal da vizinha da amiga da prima, muitos legumes, fruta, carne branca, peixe, ovos, cereais sem glúten, chás, infusões, nada de açúcar, nada de enlatados, nada de fritos, evitar comida processada, evitar junk e fast food.)

2. Fazer exercício físico, quer seja de alto ou baixo endurance; até pode ser dançar ou jogos em grupo. Algo em que se sinta feliz a fazer. O corpo agradece de formas que nem imagina. O coração fortalece, o sistema vascular fica mais reforçado, um sem número de hormonas "boas" começam a circular no nosso corpo. As toxinas são eliminadas, a pele fica mais bonita. Ficamos com mais força, mais confiantes e com mais vontade de treinar. Ganhamos tonicidade muscular, na pele também, as articulações ficam reforçadas. O cálcio é fixado nos ossos. Libertamos o stress e ganhamos mais energia.

3. Dormir bem. No mínimo 7h a 9h de seguida, sem interrupções. Dormir sestas (não mais de 20 minutos) sempre que possível. Não é uma perda de tempo, o corpo precisa deste tempo para se regenerar a fundo e a mente precisa de sonhar. Win-win.

4. Beber 1,5L de água por cada 50Kg, por dia. Boa? Ou, se preferirem, até a urina ficar completamente transparente. Devem aumentar o aporte de água, especialmente nos dias mais quentes.

5. Praticar meditação, gratidão, autoanálise e autocritica.

6. Não fumar, tomar drogas ou qualquer outro vício prejudicial à saúde. Álcool só socialmente e de preferência vinho tinto.

7. Ter rotinas.

8. Confiar em si. Ter uma atitude confiante em si mesmo e sobre o que o futuro reserva, ajuda a alcançar as suas metas com mais clareza e foco

9. Ter objetivos, sonhos e caminhar para eles. Identificá-los, escrever sobre eles e acreditar que se vai lá chegar.

10. Rodear-se de verdadeiros amigos. Confiar.

11. Quebrar as rotinas. Não ser fundamentalista. Conseguir ser flexível e adaptável face às situações que lhe são apresentadas no "agora".

12. Ter hobbies. Ler, dançar, cozinhar, pintar, ouvir música, tocar um instrumento, aprender línguas, colecionar postais...

13. Ter uma atitude de entreajuda entre familiares e amigos sem esperar algo em troca.

14. Sair da zona de conforto. Expandir-se. Fazer coisas novas.

15. Ver a vida para lá do superficial. Dizer não à frustração, aceitar falhas, aprender com os erros. Ser feliz e sorrir bastante.

artigo do parceiro: Joana Kouprianoff

Comentários