Papas de abóbora

Escolhe-se uma abóbora, de preferência menina, ou então uma abóbora doce, que quanto mais madura, mais doce tornará as papas. Abre-se, corta-se em gomos e limpa-se as sementes e a casca

Ingredientes

  • Abóbora menina 1
  • Farinha de milho 1/3 kg
  • Manteiga de porco 1 colher
  • Sal q.b.

Preparação

Escolhe-se uma abóbora, de preferência menina, ou então uma abóbora doce, que quanto mais madura, mais doce tornará as papas. Abre-se, corta-se em gomos e limpa-se as sementes e a casca. Lavam-se e cortam-se os gomos em pedaços mais pequenos para uma panela, cobrindo-os com água. Junta-se sal q.b., uma colher de manteiga de porco e leva-se ao lume até cozer muito bem. Depois de bem cozida, escorre-se a água sobrante e mói-se a abóbora muito bem, juntando-lhe de seguida a farinha de milho previamente peneirada, mexendo tudo com uma colher de pau ou um “mexedoiro”. Vai-se mexendo sempre e mantendo ao lume até apanhar a consistência desejada. Quando a abóbora não é muito adocicada, há quem lhe junte um bocadito de açúcar e por vezes também uns pós de canela. Servem-se numa tigela ou prato, com torresmos de febra de porco ou carapauzinhos assados na brasa. Antigamente quando sobravam de um dia para o outro, era vulgar serem cortadas em pequenos pedaços e aquecidas numa frigideira, ligeiramente untada com manteiga de porco ou mesmo azeite.

Comentários