Vinhos: Quinta do Crasto apresenta primeiro rosé

O primeiro Crasto Rosé 2016 apresenta-se ao mercado este verão. Para este lançamento foi disponibilizada uma quantidade limitada de garrafas, para uma abordagem inicial ao consumidor.

A Quinta do Crasto, produtor de vinhos e azeites premium no Douro, acaba de lançar um vinho simultaneamente irreverente e sério. O Crasto Rosé 2016 é, de acordo com o produtor, “por um lado, um vinho sedutor e descomplicado, imagem de marca dos vinhos rosé, e, por outro, bem estruturado e complexo, reforçando a sua versatilidade no copo e na mesa”.

Cumprindo um sonho antigo da equipa de enologia da Quinta do Crasto, o novo Crasto Rosé 2016 apresenta-se ao mercado com o objetivo de provar que os vinhos rosé podem e devem ser levados a sério.

Vinhos: Quinta do Crasto apresenta primeiro rosé
créditos: Quinta do Crasto

Produzido à base das castas Touriga Nacional (85%) e Tinta Roriz (15%), este Crasto Rosé, de acordo com nota de prova disponibilizada pelo pela Quinta do Crasto, “apresenta uma cor salmão brilhante e uma intensa expressão aromática onde se destacam notas frescas de frutos silvestres do Douro e suaves notas florais. O primeiro contacto é apelativo, evoluindo para um vinho elegante de bom volume e estrutura polida, composta por taninos de textura suave e boa mineralidade”.

Indicado para pratos mais leves e delicados, como saladas, carnes brancas ou mariscos e peixes, mas também para pratos mais desafiantes e complexos, com especiarias ou temperos mais apurados.

O novo Crasto Rosé 2016 completa a gama composta pelo Crasto Branco e Crasto Tinto.

Um vinho que chega ao consumidor com o preço aconselhado de 9,90 euros (garrafa de 75 cl).

artigo do parceiro:

Comentários