Três Bagos Estágio Prolongado: a escolha da Lavradores de Feitoria para o Dia do Pai

Para o Dia do Pai, a 19 de março, a Lavradores de Feitoria elegeu o seu vinho mais raro para assinalar a data: o Três Bagos Grande Escolha Estágio Prolongado tinto 2005.

O Três Bagos Grande Escolha Estágio Prolongado 2005 é um poderoso e elegante tinto do Douro, um vinho criado à moda antiga, com pisa a pé e fermentação em lagares de granito e balseiros de carvalho, seguida de estágio em barricas novas de carvalho francês.

Este Grande Escolha de “Estágio Prolongado” exibe uma cor vermelha viva, intensa e profunda. Apresenta um conjunto de aromas muito rico e complexo, salientando-se ainda a fruta fresca, envolvida por especiarias e notas fumadas, criadas pela sua evolução. Na boca, é rico, saboroso e muito equilibrado. Bastante fresco e frutado, apresenta taninos suaves de grande nível e uma excelente acidez. “Esta combinação equilibrada de poder e elegância contribuiu para a sua perfeita evolução, complexidade e persistência na final de boca”, salienta em nota de prova o produtor duriense.

Recorde-se que a publicação americana Robert Parker’s Wine Advocate deu a resposta no final de 2016 ao atribuir-lhe 92 pontos.

O vinho chega ao consumidor com o preço de 60,00 euros a garrafa.

Três Bagos Estágio Prolongado: a escolha da Lavradores de Feitoria para o Dia do Pai

artigo do parceiro:

Comentários