STUFA - A micro horta no parapeito das nossas janelas

Dois irmãos, a Rita e o Miguel Ramos, estão a introduzir em Portugal a última geração no que respeita a vegetais para saladas. Os microgreens, ou micro-leafs, estão prontos a consumir ao fim de poucos dias após a plantação. E trazem instruções. A STUFA comercializa-os em kits. Minúsculas hortas de parapeito para grandes pratos à mesa.

De modo a facilitar a vida de quem pretende começar a cultivar uma horta em apartamentos, dois irmãos, a Rita (consultora de sustentabilidade) e o Miguel Ramos (designer gráfico), decidiram criar, em 2012, a STUFA.

Na prática trata-se de uma iniciativa que casa duas vertentes: design e ambiente. Uma apetência bem visível nos kits que a empresa comercializa. Imagem cuidada e uma comunicação assente num conceito apelativo: estes pacotes recheados de sementes e que chegam com livro de instrução, são verdadeiros salva-vidas para quem não quer encarar, ao fim de poucas semanas, as suas hortas domésticas ressequidas e sem socorro possível.

“A informação compilada no kit é compacta e essencial”, explicam os promotores no site da STUFA. Ou seja, assumem-se como elementos facilitadores dado, como sublinham a Rita e o Miguel, o plantio de ervas aromáticas se “encontrar demasiado disperso por vários livros técnicos. Muitas pessoas sentem-se frustradas quando tentam manter as suas ervas aromáticas em casa”.

Kits que procuram, também, combater o desperdício. O consumidor “quando se desloca ao supermercado para adquirir, por exemplo, um molho de salsa, verifica que no final utilizou apenas1/3 do total e que os 2/3 restantes foram para o lixo ou apodreceram no frigorífico”.

Nos kits, nas versões “The Chef´s Garden Kit” (Microgreens de Mostarda e Rúcula) e “Mediterranean Herbs” (manjericão, salsa e coentros”), vamos encontrar um livro com toda a informação necessária para cuidarmos as nossas aromáticas, etiquetas em madeira reutilizáveis, sacos com sementes e perto de um litro de substrato vegetal.

No caso dos Microgreens trata-se de vegetais sem qualquer tratamento químico (são o estado anterior aos babyleafs), colhidos assim que despontam as primeiras folhas (ao fim de sete a 20 dias).

artigo do parceiro:

Comentários