Restaurante Mercantina lança marca de vinho

O enólogo Fausto Lourenço é o autor do Mercantina Branco e Mercantina Tinto, elaborados em parceira com a adega de Palmela Venâncio Costa Lima.

O Mercantina Tinto conjuga na perfeição duas castas modernas e atuais: Castelão (20%) e Aragonez (80%). Devido ao estágio em madeira tem uma maior estrutura e complexidade, mas o perfil é moderno e saboroso. Tem uma cor granada intensa, aroma a frutos vermelhos, sabor equilibrado e encorpado com final elegante. É uma escolha segura para acompanhar pratos de carne, molhos de tomate, queijo, tábuas de enchidos, carpaccios, crostinis, focaccias, bruschettas, pizzas e massas.

O Mercantina Branco é um vinho com a frescura da casta Fernão Pires (70%), conjugada com os aromas intensos do Moscatel de Setúbal (30%). A cor é amarelo citrino, o aroma é intenso com notas de frutos tropicais, o sabor equilibrado e fresco com um final de prova prolongado. É um vinho jovem com perfil moderno indicado para pratos de peixe, carnes branca como a saltimboca de frango, saladas como a Caesar e a Caprese ou marisco.

A criação destes vinhos tem como objetivo a conjugação com os pratos italianos do restaurante. O Mercantina surgiu em 2013 no Centro Comercial de Alvalade e abriu a segunda unidade no Chiado em 2015. Agora entra no mundo vinícola através desta parceria com Fausto Lourenço, enólogo da adega Venâncio Costa Lima, uma das mais antigas da região de Palmela.

artigo do parceiro:

Comentários