Quando a paixão é chocolate

Os melhores andam por ai. Chocolates com marca de qualidade que podemos encontrar em espaços que fazem do cacau uma arte.  

Estes são espaços repletos de ofertas com bombons, cacau quente; de aventuras culinárias com profiteroles cobertos de chocolate, crepes com recheio de gelado e derramados com chocolate fumegante. 
Para que ninguém se perca neste mundo de coisas doces com cacau, leite, açúcar, recheios de mil sabores, fica um roteiro directo para conquistar os apetites mais gulosos.

Há chocolates divertidos na Quintinha
Chama-se Chocolataria Equador. Aposta numa imagem e produto cuidados. Garantem os criadores: chocolate 100% artesanal.

De São Tomé para Lisboa com a marca Claudio Corallo
100% de perfeição na forma de um pequeno grão. Uma pepita do tamanho de uma azeitona que libertamos da casca torrada e que provamos. Tudo na loja Claudio Corallo.

Corações ao alto
Uma mistura entre o mais doce chocolate e versos de Camões resultam num autêntico derreter de corações. Presentes disponíveis na Marias Gourmet, na Casa da Guia, Cascais.

Rojoo, a chocolataria com sabor artesanal
Nasce nos trópicos, ganha fama na Áustria e torna-se uma experiência em Lisboa. Na Rojoo o chocolate tem muitos nomes.

Um Chocolate muito Chic
Delicioso e divertido. Este podia ser o lema da Chic Chocolate, uma loja em São João da Madeira que dá uma nova vida ao cacau.

Na Xocoa, o chocolate veste gourmet
Quantas formas, cores, sabores, aromas pode ter um chocolate? Na Xocoa, na Baixa de Lisboa, a resposta é “muitas” e multiplicada pelos olhares de espanto de quem espreita uma montra sempre apetitosa e “prova” um recheio repleto de propostas.

Há chocolate no mercado
Chama-se Mercado do Chocolate e é um cantinho muito especial em Campo de Ourique. Branco, negro, com ou sem açúcar, o chocolate aqui, prova-se de muitas maneiras.

 

artigo do parceiro:

Comentários