“Cozinha sem Limites” com Ramsey

Gordon Ramsey, o chefe de cozinha escocês, 12 estrelas Michelin e um feitio irrascível e explosivo está de volta aos livros. Em “Cozinha sem Limites” aplica mais de duas décadas de conhecimentos adquiridos na sua prática profissional e nas muitas viagens que fez. Fá-lo numa versão culinária para consumo caseiro.

“Cozinha sem Limites”, com a chancela da Porto Editora, apresenta mais de cem receitas acessíveis ao “comum mortal”. É o próprio Ramsey que nos dá o roteiro para esta obra: “Quero ensiná-lo a cozinhar boa comida em casa. Eliminando todo o trabalho árduo e toda a complexidade, qualquer pessoa pode produzir receitas de fazer crescer água na boca. Vou ajudá-lo a tornar-se um cozinheiro melhor.»

E é isto que Ramsey procura em 320 páginas (24,90 euros) repletas de conselhos e dicas culinárias, aperfeiçoamento de técnicas e, claro, um portfólio bastante diverso de receitas. O livro divide em capítulos temáticas como “cozinhar com tempo”, “boa comida por menos”, “cozinhar para grupos”, “cozinhar para uma ou duas pessoas”. Há, ainda, páginas dedicadas a confeções com peixe, carne, especiarias, pão bolos e pizas.

Uma obra que impressionou o britânico jornal The Daily Mail: «Uma inesperada lufada de ar fresco. Gordon Ramsay deixou de lado o grande aparato e regressou aos princípios básicos. Cobre tudo, desde o kit de utensílios fundamentais e como tornar antiaderente uma panela até dicas que mesmo os cozinheiros mais experimentados podem desconhecer...»

Receitas que, em Portugal, podem ser acompanhadas na televisão no programa com o mesmo título do presente livro. A SIC Radical apresenta “Cozinha sem Limites” à terça-feira a partir das 23h45 (repete sexta - 3h15 - e sábado - 16h30).

Gordon Ramsay nasceu em 1966 na Escócia, embora tenha passado a juventude em Inglaterra. Uma lesão afastou-o de uma carreira como futebolista. Investiu num curso de gestão hoteleira. Aprendeu com influentes chefes de cozinha (Albert Roux e Marco Pierre White, em Inglaterra, e Guy Savoy e Joël Robuchon, em França). Em 1993, tornou-se chefe do Aubergine, em Londres, restaurante que conquistou duas estrelas Michelin. Em 1998, com 31 anos, abriu um restaurante próprio, dando-lhe o seu nome. Em breve recebia as três estrelas Michelin. Atualmente, para além de ter diversos restaurantes espalhados pelo mundo, Gordon Ramsay é protagonista de vários programas televisivos.

artigo do parceiro:

Comentários