Abra a lata de conserva e descubra os chás

As latas homenageiam a pesca nacional e o mar português. No interior destas conservas não há, contudo, a tradicional sardinha, atum ou polvo. Antes chás e em diferentes variedades. A TiaMinda, uma marca de “tradições gourmet” aposta nos produtores locais e técnicas artesanais.

Nos chás e infusões, a TiaMinda apresenta cinco referências, todas elas tendo em comum o facto de estarem acondicionadas em latas de conserva. Há o chá preto coco, o chá verde com jasmim, o rooibos spicy chocolate, a infusão ananás-laranja, a infusão frutas do paraíso (maçã, papaia, flores de hibisco, roseira brava, entre outros). O site pormenoriza a informação sobre cada um destes produtos e apresenta conselhos para retirar o melhor de cada chá e infusão.

Ainda nos chás, a TiaMinda apresenta os seus sabores na versão “transportável”. Ou seja, os teapockets, chás de bolso acondicionados em pequenos tubos. Cada embalagem fica nos 2,00 euros.

Para os colecionados de chá, a marca apresenta os seus produtos na versão pack. Melhor dizendo, em diversos pacotes de chás, infusores, teapockets.

A TiaMinda espraia a sua oferta para além dos chás, com bolinhos, doces de frutas, bombons.

O nome desta empresa 100% portuguesa nasce das recordações de infância dos promotores, quando os seus primos, vindos da cidade, corriam para a cozinha e pediam efusivamente: “Tia Minda, podemos comer os teus bolinhos?” Juntos, sentavam-se, então, à mesa onde barravam os doces nos bolinhos que acompanhavam com o chá.

Todos estes produtos estão à venda em lojas on-line, mas também no comércio de rua.

artigo do parceiro:

Comentários