Viva Lisboa dá boas vindas ao outono

Pratos coloridos, inspirados e muito coerentes fazem parte do novo menu da estação neste restaurante de charme da capital.

A fachada de vidro do restaurante Viva Lisboa espelha a zona arborizada do Hospital D. Estefânia, passando quase despercebida a quem passa na rua. Os menos distraídos já sabem que o nº71 dá acesso a um dos novos melhores restaurantes lisboetas, onde a dedicação do chefe Pedro Santos Almeida dá provas de excelência todos os dias.

O novo menu de degustação (€45,00), criado em conjunto com o chefe Miguel Laffan, é composto essencialmente por “produtos bons, com um certo requinte, sem largar o jogo de cores”, explica Pedro Santos Almeida. São pratos pensados para dar conforto neste outono/inverno, mas também passar ao cliente a alegria que o jovem chefe sente em cada nova combinação de sabores. A inspiração vem não só das suas memórias de infância, mas também do que vai vendo “por aí” – todas as folgas do trabalho são aproveitadas para comer fora.

Viva Lisboa

O menu de degustação começa com uma Sopa de peixe com camarão tailandês; seguido de uma Barriga de porco confitada em mel, com lagostim assado, salteado de ervilhas e soya bean; tem como prato de peixe o Cherne braseado, creme de “Bulhão Pato” crumble de chouriço e gamba da nossa costa; como prato de carne Magret assado, puré de beterraba e aipo com lascas de foie gras e couve chinesa e, como sobremesa, Blondie de chocolate branco, banana crocante e gelado de manteiga de amendoim. Todos estes pratos (exceto a sopa) são uma novidade no restaurante e podem ser servidos separadamente, bem como outras especialidades "Do Mar", "Da Terra" e outros "Entretanto para variar", com propostas de pastas e risottos vários.

Viva Lisboa

À parte a ementa, há sempre um menu de almoço (€11,00 – a melhor relação qualidade/preço de Lisboa, segundo o diretor do Hotel Neya) em que o chefe conseguiu a proeza de, desde a abertura até agora, não ter repetido nenhum prato. Há também um menu vegetariano às quartas-feiras e, em breve, as sextas-feiras dedicadas a diferentes gastronomias (começando com a brasileira, em outubro). É nestes almoços que Pedro Santos Almeida consegue cativar o cliente para uma nova experiência: voltar à noite para jantar, sem pressas, quando há mais disponibilidade para acompanhar e explicar cada prato.

Viva Lisboa

Rua Dona Estefânia, 71-77

1150-132 Lisboa

 Ana César Costa

artigo do parceiro:

Comentários