Turismo do Alentejo entrega primeiros certificados “Alentejo Bom Gosto”

Já se sabe o nome dos primeiros 10 restaurantes de excelência reconhecida pela Turismo do Alentejo, ERT. Receituário, utilização de produtos endógenos e bom acolhimento dos visitantes são fatores valorizados.

A Cavalariça (Entradas - Castro Verde), A Maria (Alandroal), Canto dos Sabores (Vendas Novas), Fialho (Évora), O Brasileiro (Mértola), O Garfo (Évora), O Maçã (Lavre - Montemor-o-Novo), Os Arcos (Cabeção - Mora), País das Uvas (Vila de Frades - Vidigueira) e Pompílio (São Vicente - Elvas) são os primeiros estabelecimentos da região devidamente aprovados no processo de certificação que integra o projecto “Alentejo Bom Gosto”.

Os restaurantes certificados cumprem um referencial que, previamente definido, apresenta vários parâmetros qualitativos que variam entre a confeção de receitas genuinamente alentejanas ou a utilização de ingredientes exclusivamente produzidos na nossa região.

Fatores como a decoração, o ambiente ou o serviço, assim como a apresentação de uma ementa constituída, maioritariamente, por pratos tipicamente alentejanos ou uma carta de vinhos, entre outros, são igualmente decisivos no processo de certificação.

Valorizar o receituário e os produtos do Alentejo, garantir a qualidade do serviço dos restaurantes, prestar informação de excelência aos turistas sobre a gastronomia e produtos endógenos, e consolidar o produto turístico gastronomia e vinhos são os objectivos principais do projeto. O “Alentejo Bom Gosto”, financiado pelo Inalentejo, contempla a Carta Gastronómica do Alentejo” – lançada em junho - a certificação dos restaurantes da região e a criação de roteiros enogastronómicos.

 

Foto:Turismo do Alentejo ERT e Agência Regional de Promoção Turística do "www.visitalentejo.pt"

artigo do parceiro:

Comentários