“TOP 10 Vinhos Portugueses” nas escolhas de um júri internacional

Os vinhos das regiões do Douro e da Madeira são os grandes vencedores de mais uma edição “TOP 10 Vinhos Portugueses”. O anúncio dos vencedores decorreu durante a realização do Essência do Vinho - Porto. Especialistas provenientes de 12 países avaliaram, no total, 61 néctares.

O vinho tinto que recolheu as preferências dos jurados foi o Passagem Grande Reserva 2009, elaborado pela Quinta das Bandeiras, a partir de vinhas muito recentes plantadas no Douro Superior. Também no Douro, mas em Santa Marta de Penaguião, tem origem o vinho branco que obteve os maiores elogios, o Alves de Sousa Pessoal 2008. Entre os vinhos fortificados, o Barbeito 30 Anos Malvasia Vó Vera foi o mais bem pontuado.

O restante “TOP 10 Vinhos Portugueses” é constituído por: Quinta de Santiago Alvarinho Reserva 2015, elaborado por Nenúfar Real, em Monção, Vinhos Verdes, (2º vinho branco mais bem pontuado); Menino António Alicante Bouschet 2014, produzido em Albernôa, Alentejo, pela Herdade da Malhadinha Nova (2º tinto); Quinta da Touriga Chã 2014, produzido por Jorge Rosas no Douro Superior (3º vinho tinto); e no quarto lugar entre os vinhos tintos, dois exemplares ex-aequo – Pedra Cancela Amplitude 2013, elaborado pelo projeto Pedra Cancela, em Silgueiros, no Dão, e Chryseia 2014, da parceria Prats & Symington, no Douro. Entre os vinhos fortificados, Kopke Colheita 1957, um Porto tawny da Sogevinus Fine Wines (2º lugar) e Bacalhôa Moscatel de Setúbal Superior 20 Anos 1995, da Bacalhôa Vinhos de Portugal, obtido na Península de Setúbal (3º vinho fortificado).

Um júri constituído por 40 especialistas (jornalistas, críticos de vinhos e sommeliers) de 12 nacionalidades distintas avaliou um total de 61 vinhos portugueses, pré-selecionados pelo painel de provas da revista especializada WINE – A Essência do Vinho, tendo em consideração as pontuações mais elevadas atribuídas pela revista em 2016.

A prova decorreu na manhã do dia 23 de fevereiro, no Salão Árabe do Palácio da Bolsa, e juntou jornalistas, críticos de vinhos e sommeliers de Portugal, Espanha, Reino Unido, Alemanha, Dinamarca, Suíça, Polónia, Rússia, China, Japão, Coreia do Sul e Brasil. O anúncio dos vencedores aconteceu sexta-feira, em jantar de cerimónia na Feitoria Inglesa.

artigo do parceiro:

Comentários