Restaurantes e bares com jardim que estão na moda

Em alturas de maior calor, são perfeitos para estar à sombra. Descubra alguns dos melhores locais para usufruir do sol e do calor nos dias de bom tempo

Portugal tem a vantagem de ter um clima ameno durante a maior parte do ano. Os dias de sol e de calor são, por isso, para aproveitar ao ar livre. Para lhe facilitar a vida e dar novas ideias, fomos à procura de restaurantes e bares com jardim e esplanada. Locais recatados e refrescantes rodeados pelo verde da natureza, em plena cidade, para desfrutar a sós, em casal, em grupo ou em família. Estes são os que recomendamos:

- Os tradicionais

O polvo à lagareiro é daqueles pratos a repetir no discreto Restaurante 33, na Rua Alexandre Herculano, em Lisboa, que poucos pensam ter um jardim no seu interior, onde apetece ficar demoradamente. O Monte da Eira, mais a sul, é outro restaurante com jardim a não perder.

Trata-se de uma típica casa algarvia com vista para a serra e um menu português é o que a espera neste restaurante às portas de Loulé. Massinha de peixe e arroz de pato, mousse de alfarroba com gelado são apenas três das especialidades que deve provar. Peça para ficar no jardim.

- A pizzeria

Abriu no final de 2015 e tem sido um enorme sucesso no Príncipe Real, em Lisboa. Na ZeroZero (na imagem), todos os produtos servidos vêm de Itália. Entre, escolha uma mesa na esplanada junto ao jardim botânico e peça a nova pizza Fichi e Prosciutto Crudo di Parma, com mozzarella fiordilatte, figos e presunto de Parma fumado durante 18 meses, apesar de serem todas fantásticas. Acompanhe com o gin Giardino Di Prosecco.

- Com jardim vertical

O pátio com um jardim vertical marca a diferença no espaço Royale Café no Chiado, em Lisboa, onde os produtos biológicos reinam. Este pequeno restaurante serve almoços, jantares e refeições ligeiras. Tome nota e, quando lá for, prove o húmus do Médio Oriente, as tostadas e beba o sumo natural que tem o nome da casa que associa a maçã e a limonada.

Em Lisboa, mas em Bebém, o Espaço Espelho d'Água, localizado no meio de um grande espelho de água, daí o nome, foi construído em 1940, durante a Exposição do Mundo Português. Hoje, orgulha-se de ser o restaurante com o maior jardim vertical da cidade. A área reservada à alimentação é o coração de todo o projeto, que também tem uma cafetaria, uma loja e um espaço multiusos.

Para elaborar a ementa, foi desafiada a prestigiada chef brasileira, Ana Soares, do restaurante Mesa III Consultoria, em São Paulo. Uma profissional que se inspirou em ingredientes e receitas portuguesas, brasileiras e de outros países, como Angola e Moçambique, Cabo Verde, Guiné Bissau e São Tomé Príncipe em África, além da Índia, da China e de Timor, no oriente, para então criar uma ementa de fusão, com pratos e sabores únicos.

- Os multifacetados

Quer tomar um café ou um gin? Petiscar? Almoçar ou jantar? No Café Vitória, no Porto, tudo isso é possível e em vários espaços, entre os quais destacamos o jardim de inverno. Prove as chamuças de chèvre e a salada de bacalhau.

Quem estaciona o carro nos pisos de baixo do número 58 da Calçada do Combro, em Lisboa, não imagina que o sétimo piso esconde um jardim suspenso sobre a capital. O Park é o local ideal para ir tomar uma bebida e, se tiver fome, pode sempre acompanhar com um dos hambúrgueres do menu. A música é outro prato forte do espaço, um local perfeito para se reunir com um grupo de amigos para uma tarde de convívio.

Chama-se Flow Restaurant & Bar e é um dos restaurantes mais interessantes do Porto para ir com amigos. Rodeado de plantas e zonas verdes, este espaço serve pratos como presa de porco preto no carvão e açorda de tomate que vale a pena repetir.

Veja na página seguinte: Restaurantes com jardim em hotéis

Comentários