Restaurante Noma é o “Melhor do Mundo”

Vem do frio o melhor restaurante do mundo. Chama-se Noma e tem portas abertas em Copenhaga, na Dinamarca. A revista "Restaurant" publicou recentemente o Top-50 dos melhores restaurantes do Mundo em 2011. Uma lista liderada pela Europa.

Contas feitas, na lista 2011 dos melhores restaurantes do mundo, por continente, a Europa continuou a somar pontos, com 34 eleitos seguida, bem longe, pelas Américas com 10 restaurantes. Por seu turno, a Ásia viu eleitas 4 unidades. A fechar a tabela ficou África e Oceânia, com um restaurante cada. 

Entre os 50 mais, o restaurante Noma, de Copenhaga (Dinamarca) que conta com a direcção do chefe Redzepi, alcançou pela segunda vez o primeiro lugar. Isto depois destronar um vencedor crónico. O restaurante El Bulli, do chefe espanhol Ferran Adrià, venceu em cinco anos consecutivos.

Em 2011, no pódio dos três primeiros classificados ficaram, ainda, dois espanhóis, o El Celler de Can Roca (Girona, Catalunha), do chefe Joan Roca, e o Mugaritz, do chefe Aduriz (Rentería, País Basco).

Entre os 10 primeiros ficaram, por ordem decrescente, o Osteria Francescana (Itália), The Fat Duck (Reino Unido), o Alínea (EUA), e o D.O.M. de São Paulo (Brasil), do chefe Alex Atala.
O oitavo lugar também pertence a Espanha, com o Arzak, e no nono e décimo lugares ficaram, respetivamente, Le Chateaubriand (França) e o Per Se (EUA).

Por países o vencedor foi a França, com oito restaurantes no Top-50. Seguiu-se a Itália, com seis restaurantes, tantos quanto os Estados Unidos. Com cinco restaurantes aparece a Espanha. Portugal não incluiu nenhum restaurante nesta lista global.

Recorde-se que a competição organizada pela "Restaurant" recebe votos de mais de oitocentos profissionais do sector da restauração.

Ver a lista completa

artigo do parceiro:

Comentários