Porto - Campeonato Português de Piza promete boa comida e muitas acrobacias

O Porto acolhe, a 20 de julho, o 2.º Campeonato Português de Piza. No evento participam 25 pizzaiolos de algumas das melhores pizarias nacionais. A confeção de pizas ao vivo e um espetáculo acrobático de pizas protagonizado por campeões mundiais, completam o programa.

Com a cidade do Porto novamente escolhida para receber o evento, a segunda edição vai do Campeonato Português de Piza decorre a partir das 16h00 no Jardim dos Clérigos e conta com a participação de 25 especialistas vindos de todos os pontos do país, não só para tentarem conquistar um prémio, mas também para porem à prova os seus dotes de pizzaiolos. Os participantes poderão, ainda ganhar o direito a representar Portugal em competições internacionais.

“O nosso objectivo é promover a correcta confecção da piza e estimular a arte do pizzaiolo, ao mesmo tempo que proporcionamos ao público uma tarde de animação 'apetitosa' e divertida”, refere o mestre Antonio Mezzero, primeiro Embaixador da Piza Napolitana em Portugal e terceiro na Europa.

Para além da confeção das pizas ao vivo, o público vai poder também divertir-se com um espetáculo de piza acrobática que conta com as participações do tricampeão mundial da modalidade Paolino Bucca e do campeão mundial Leone Coppola.

A avaliar o campeonato vão estar alguns dos mais conceituados chefes de cozinha a trabalhar em Portugal: Augusto Gemelli (conhecido milanês radicado em Lisboa há duas décadas), Hélio Loureiro (responsável gastronómico da Selecção Portuguesa de Futebol), José Avillez (dono do Belcanto, em Lisboa, distinguido com duas estrelas Michelin), Leone Coppola (campeão mundial de Pizza Clássica e campeão mundial de pizza acrobática), Marco Gomes (dono do Foz Velha, no Porto) e Pedro Lemos (dono do Pedro Lemos, no Porto, distinguido também com uma estrela Michelin).

É sob o olhar, o olfacto e o palato atentos destes seis reconhecidos chefes que os 25 participantes no campeonato deste ano terão de confeccionar as suas pizas, concorrendo em duas categorias: a das “pizas mais saborosas” e a das “pizas com melhor aparência”.

O que mais agradar à maioria do júri recebe uma taça e soma-lhe a qualificação e a inscrição no Concurso Mundial de Piza, enquanto o segundo classificado recebe uma taça, qualificação e inscrição no Campeonato Europeu de Piza.

No ano passado, os vencedores das duas categorias conseguiram depois classificar-se entre os cem melhores nos concursos internacionais, os quais registaram mais de 800 participantes cada.

O Campeonato Português de Pizza tem também uma vertente solidária, com parte das receitas provenientes das inscrições a reverterem a favor do Instituto Profissional do Terço, uma IPSS dedicada a crianças e jovens em risco.

artigo do parceiro:

Comentários