Lisboa: Flor de Sal torna-se arte em exposição de Food Design

A Salmarim, marca nacional especializada em flor de Sal, de Castro Marim, associou-se aos designers João Abreu Valente e Vilma André. Da ligação resulta uma exposição de Food Design em mostra no Arquivo 237, no Bairro das Artes em Lisboa.

A Salmarim é uma marca que se tem vindo a associar a varias expressões artísticas como a escrita e designers nomeadamente, numa edição especial de saleiros lançados no Peixe em Lisboa 2015. Agora associa-se aos designers Vilma André e João Abreu Valente num projeto de Food Design. Na exposição na galeria de arte Arquivo 237 (Rua da Rosa, 237) o público pode ver o potencial do sal enquanto matéria-prima, não como ingrediente culinário, mas como integração em obras de arte enquanto elemento em permanente mutação.

“Esta exposição é a prova em como existe arte nesta matéria tão nobre. É possível abordar de forma diferente os materiais que se utilizam na gastronomia, criando ligações memoriáveis a nível visual”, afirma Jorge Raiado, responsável da Salmarim.

“A exposição está assente numa ideia de sensibilização para o património de Castro Marim, mostrando a vontade única de utilizar os recursos naturais para atender à procura das necessidades contemporâneas”, diz Vilma André.

Fazem parte do portfólio de produtos da Salmarim: o mar portátil - um kit portátil de três tubos com três propostas de flor de sal diferentes; flor de sal em saleiro de cortiça e cinco referências de flor de sal em embalagens de cartão - a flor de sal natural, aromática (flor de sal com salsa e orégãos), azeitona (mediterrânica), o limão e o pimentão (elaborado com o Pimentão da Ortiga, designado por Sol das Beiras).

artigo do parceiro:

Comentários