Lisboa: É preciso Sangue na Guelra para levar à mesa torresmos de lodo

E se de repente o jantar fosse Taralhão com morangos verdes e chagas, Conta-gotas, Massa-mãe temperada com cabeças de camarão assadas, Torresmos de lodo? Estes são alguns dos pratos dos jantares “Young Chefs With Guts”, até final do mês de maio em Lisboa.
créditos: Goncalo Villaverde

Estes jantares “Young Chefs With Guts” inserem-se no festival Sangue na Guelra | Blood n’Guts , iniciativa no quinto aniversário e que celebra a irreverência do talento dos jovens chefes convidados.

Bistro 100 Maneiras, Alma, Varanda, e 1300 Taberna são os restaurantes que recebem os jantares, com menus apenas com peixes e mariscos da nossa costa. Nos fornecedores do produto e sobre a mesa, “estarão rigorosos critérios de sustentabilidade e um desafio ao consumo de espécies diversificadas e em maior abundância,  uma das bandeiras deste festival”, refere a organizadora do evento, a agência de comunicação Amuse Bouche.

O arranque dá-se no dia 14 de Maio com Milton Anes (LAB by Sergi Arola *), Chase Lovecky (The Clove Club *), Leandro Carreira e Fábio Quiraz (Paparico), que fazem as honras da casa no Bistro 100 Maneiras, todos devidamente escoltados por Ljubomir Stanisic.

Lisboa: É preciso Sangue na Guelra para levar à mesa torresmos de lodo
créditos: Sangue Na guelra

Dia 15 de Maio, o restaurante Alma, no Chiado, recebe os recém-casados Takahiko Kondo (Osteria Francescana ***) e Karime Lopez (Central). Henrique Sá Pessoa junta-se à dupla com um dos pratos principais, criado especialmente para este jantar.

A 16 de Maio, é a vez de o clássico Varanda Ritz Four Seasons se render à ousadia dos chefes Gil Fernandes (Fortaleza do Guincho *), Jordan Bailey (Maaemo ***), Ricardo Machado (Beco-Cabaret Gourmet), acompanhados pelo chefe anfitrião Carlos Cardoso.

Para terminar a temporada Sangue na Guelra 2017, a 22 de Maio, no restaurante 1300 Taberna, os chefes Pedro Almeida (Midori), Pedro Pena Bastos (Esporão), Rodrigo Castelo (Taberna Ó Balcão), o anfitrião Nuno Barros e Emília Reis (Vista) prometem surpreender os participantes do jantar O Rio, dedicado às espécies de água doce e à promoção da riqueza e abundância dos nossos rios.

Todos os jantares têm início às 19h30, são exclusivos para 60 pessoas e têm o valor de 130€. Os menus têm entre 13 a 14 momentos, entre amuse-bouches, pratos principais e sobremesa.

As reservas podem ser feitas através de reservas@sanguenaguelra.pt

Vídeo oficial jantares "Young Chefs with Guts" 2017 aqui.

Lisboa: É preciso Sangue na Guelra para levar à mesa torresmos de lodo
créditos: Gonçalo Villaverde

artigo do parceiro:

Comentários