Lisboa: Chefe Cozinheiro do Ano recria no restaurante Sala de Corte menu vencedor

Para celebrar a conquista do prémio Chefe Cozinheiro do Ano, Luís Gaspar irá abrir, a 25 de julho, a sua Sala de Corte de um modo muito especial: ao almoço e ao jantar, mediante reserva, vai servir o menu que lhe valeu a vitória na competição gastronómica.
créditos: (c)CATIA BARBOSA

Sopa da Pedra, Caldeirada de Bacalhau Salgado Seco da Noruega, Vitela, Mão de Vaca e Grão, Brisa do Liz de Amêndoa e Limão: é este menu de degustação que, a 25 de julho, todos os que forem à Sala de Corte, no Cais do Sodré, vão poder provar. Quem quiser comer o suculento Chuletón de Buey ou o famoso Bife Tártaro do chefe terá de esperar pelo dia seguinte, pois nessa terça-feira, quer ao almoço (das 12h00 às 15h00), quer ao jantar (das 19h00 às 00h00), Luís Gaspar estará concentrado a preparar as quatro criações que apresentou na final do concurso. “Durante a competição fui aprimorando os pratos, mas o que agora vou servir será uma reprodução fiel do menu Chefe Cozinheiro do Ano”, garante o chefe de 26 anos.

Lisboa: Chefe Cozinheiro do Ano recria no restaurante Sala de Corte menu vencedor
Vitela, Mão de Vaca e Grão.créditos: (c)CATIA BARBOSA

Dos quatro pratos que, nesse dia, chegarão às mesas da Sala de Corte, destaque para a Vitela, Mão de Vaca e Grão, “prato que durante o concurso foi muito elogiado”, e para a sobremesa Brisa do Liz, um doce típico de Leiria, cidade natal de Luís Gaspar. A refeição completa terá o valor de 40,00 euros por pessoa (bebidas não incluídas), e as reservas para os almoços e jantares “comemorativos", abertos ao público, podem ser feitas através do 919 547 128.

artigo do parceiro:

Comentários