Gastronomia - Um mês de cataplanas numa varanda sobre Lisboa

Até 31 de outubro o restaurante Varanda, em Lisboa, propõe semanas temáticas em torno de pratos confecionados em cataplana de cobre. Cataplana de bacalhau, de fiambre com amêijoas, de borrego ou de entrecosto, são algumas das quase 20 propostas para saborear.

A cataplana tal como a conhecemos hoje, começou a ser produzida há muitas décadas na região Algarvia por antigos caldeireiros, mestres na arte de trabalhar o cobre. Trata-se de duas meias panelas côncavas, unidas por uma dobradiça, permitindo uma cozedura hermética das iguarias.

Recordando esta arte de trabalhar o cobre enquanto objeto utilitário e os sabores que a cataplana proporciona, o restaurante Varanda (Hotel Mundial), na capital, propõe até ao final do mês de outubro, perto de duas dezenas de pratos.

Cataplana de bacalhau com mexilhões, cataplana de fiambre com amêijoas, cataplana de borrego, cataplana de entrecosto, cataplana de vieiras com frutos do mar, cataplana de legumes com leite de coco, cataplana de atum com mexilhões ou cataplana de coelho, estão entre as sugestões.

Os preços variam entre os 13,50 euros (cataplana de legumes com leite de coco) e os 27,30 euros (cataplana de tamboril com ervas aromáticas).

Esta carte está disponível ao almoço e jantar. Para mais informações contactar através do telefone: 218 842 000, email: banquetes@hotel-mundial.pt

O Hotel Mundial localiza-se na Praça Martim Moniz, Nº2.

Comentários