Egoísta dedica jantar a champanhes Cattier

No próximo dia 21 de novembro, o jantar vínico do restaurante do Casino da Póvoa do Varzim vai ter tons de ouro e brilho.
créditos: Egoísta

O menu preparado pelo chefe Hermínio Costa propõe-se harmonizar, do principio ao fim, com os champanhes franceses da casa familiar e independente Cattier.

Um Brut premier cru é o primeiro champanhe a abrir, acompanhando a entrada - salada de lavagante e lagostins e panna cotta de espargos verdes. Como prato de peixe, o chefe elege Robalo de mar escalfado e arroz malandrinho de coentros e açafrão. O champanhe escolhido é o Blanc des blancs. Segue-se lombinho de veado, puré de batata-doce e compota avinagrada de cebola roxa e um Blanc des noirs. O champanhe Millésime é servido com a sobremesa: mil folhas de pera com chocolate e creme pralinê.

Os champanhes da prestigiada casa Cattier, produzidos desde 1918, na vila de Chigny les Roses, na montanha de Reims, chegam ao Egoísta pela BV Trading, representante exclusivo da marca em Portugal.

O restaurante Egoísta situa-se no edifício do Casino da Póvoa do Varzim e o jantar tem o preço de 45 euros por pessoa.

artigo do parceiro:

Comentários