Conheça o programa de Reguengos de Monsaraz, Cidade Europeia do Vinho 2015

É já no próximo sábado, 21 de fevereiro, que a cidade alentejana sucede no título de Cidade Europeia do Vinho à espanhola Jerez de La Frontera. Visitas enoturísticas, exposições, degustações e espetáculos celebram a ocasião.

A RECEVIN - Rede Europeia de Cidades do Vinho, que integra cidades da Alemanha, Áustria, Eslovénia, Espanha, França, Grécia, Hungria, Itália e Portugal, deu a Reguengos de Monsaraz o título de Cidade Europeia do Vinho.

A celebração começa na sexta-feira, dia 20 de fevereiro, pelas 11h00, com a receção às comitivas no Salão Nobre dos Paços do Município. Às 17h00 decorre a visita aos enoturismos da Ervideira e da CARMIM – Cooperativa Agrícola de Reguengos de Monsaraz. Às 21h00, no Auditório Municipal, realiza-se o espetáculo inaugural, que integra o concerto de estreia da Orquestra de Câmara do Alentejo, o Coro Polifónico da Sociedade Filarmónica Harmonia Reguenguense, o Coro Polifónico Eborae Mvusica e o Coral Públia Hortênsia de Castro.

No sábado, depois da sessão inaugural, as comitivas vão visitar os enoturismos do Esporão e da Granacer. Às 16h30, no Palácio Rojão, decorre a inauguração do espaço Vinho com Arte, um local para exposição, promoção, venda e provas de vinhos do concelho, que integrará a atuação do Grupo Coral da Casa do Povo de Reguengos de Monsaraz.

Sucede-se um brinde na Praça da Liberdade, numa celebração que terá também música e degustação de produtos regionais. À noite, a partir das 21h00, no Pavilhão Multiusos do Parque de Feiras e Exposições, realiza-se a Gala da Cidade Europeia do Vinho, que marcará o arranque oficial com a entrega da bandeira com a distinção de “Cidade Europeia do Vinho 2015” pela RECEVIN à Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz. O espetáculo junta o Cante Alentejano, o Fado e o Flamenco, três expressões musicais classificadas como Património Cultural Imaterial da Humanidade pela UNESCO. Em palco vão estar o Grupo Coral da Freguesia de Monsaraz, Nayara & Ballet Flamenco de Sevilla e os fadistas António Pinto Basto, Teresa Tapadas e Gustavo Pinto Basto.

Ao longo de 2015, a Cidade Europeia do Vinho vai organizar também a primeira ViniReguengos, o Simpósio Europeu de Confrarias Enogastronómicas, o Congresso da Vinha e do Vinho, o Colóquio “Prospeção em Larga Escala e Conservação da Diversidade das Castas de Videira em Portugal”, a Festa do Cante que integrará a conferência “Vozes Plurais Presenças Coletivas: Memória, Participação e Poéticas”, passeios de barco no Lago Alqueva com provas de vinho, Mercado Esporão Slow Food Alto Alentejo, fins-de-semana temáticos em restaurantes e observações astronómicas noturnas com provas de vinho.

A promoção dos eventos e dos vinhos do concelho será efetuada em feiras como a Bolsa de Turismo de Lisboa, ExpoVinis Brasil, ForumVini Munique e London Wine Fair, na ANA - Aeroportos de Portugal e em ações de formação em Angola, Estados Unidos da América, Brasil e Suíça.

artigo do parceiro:

Comentários