Chef brasileiro com restaurante de apenas uma mesa vem a Portugal

Eleven traz chef Gabriel Vidolin, dono do restaurante O Leão Vermelho, que tem apenas uma mesa e fica a 300 quilómetros de São Paulo

Gabriel Vidolin tinha apenas 22 anos quando abriu O Leão Vermelho, após ter viajado pela Europa e ter trabalhado nas cozinhas de grandes restaurantes como o Mugaritz e o mítico El Bulli. No seu restaurante, cujo nome é inspirado na saga Harry Potter, cabem apenas quatro pessoas. Porquê? O Leão Vermelho é a sua casa, ou melhor, é a antiga sorveteria onde Gabriel ajudou a mãe desde os oito anos. Depois da aprendizagem pelos restaurante estrelados, o chef voltou ao Brasil, a São João da Boa Vista, um pequeno município a mais de 200 quilómetros de São Paulo.

Recuperou o espaço, desenhou e criou móveis e deu nova vida ao jardim.

Para jantar no Leão Vermelho é preciso reservar com antecedência e juntar três amigos íntimos. O menu degustação, que custa 419 reais, pode ir até 24 pratos, todos com produtos sazonais.

É Gabriel quem recebe, cozinha e serve n’O Leão Vermelho. A refeição é uma experiência e a cada ano o chef muda a temática e a estrutura. Atlas é o nome da temática corrente, mas pela estreita mesa do Leão Vermelho já foram servidos pratos sob outros motes: Reinações e Vertigens, Orgânica, Catedrais, Porcelana e Jamais me Abandone. Gabriel estuda e desenvolve cada projecto isolado do mundo e com acesso escasso à tecnologia e internet. O carácter teatral e artístico que imprime na gastronomia tornam-no numa das maiores promessas da gastronomia a nível
mundial e os seus menus em obras de arte. Por isso mesmo, vem a Lisboa, a convite do Eleven, para um jantar especial, dia 12 de setembro, com Joachim Koerper, no âmbito da Rota das Estrelas.

A Rota das Estrelas é uma reunião de chefs estrelados que viaja pelo país ao longo do ano. Depois de ter passado pelo Il Galo d’Oro, no Funchal, e pelo Altis Belém, em Lisboa, chega a vez do
Eleven trazer à sua mesa, no dia 11, Leonel Pereira (São Gabriel), Dieter Koschina (Vila Joya), João Rodrigues (Feitoria) e Hans Neuner (Ocean). No dia seguinte as atenções estarão sobre o
chef brasileiro, Gabriel Vidolin.

SÁBADO, 12 SETEMBRO
Joachim Koerper (Eleven) e Gabriel Vidolin (O Leão Vermelho)

Atum, foie gras e iogurte de soja

Cremoso de couve flor, painço e frutas secas

Tilápia em crosta de limão, batata doce fumada e purê de grão de bico

Carré de Cordeiro com Nori, espinafres e alho preto

Abacaxi com sorvete de leite de cabra e biscoitos.

Esfera de chocolate e gelado de cupuaçu da Amazónia

Preço 120€ (com bebidas)

artigo do parceiro: Susana Krauss

Comentários