APTECE distingue Regiões de Portugal com selo de qualidade

A Associação Portuguesa de Turismo de Culinária e Economia (APTECE) acaba de lançar “Terra Culinária”, um novo desafio aos agentes locais.

A iniciativa visa selecionar e distinguir com o selo “Terra Culinária do Ano”, o município, unidade territorial ou sub-região que apresente o melhor programa de atividades integrado, com clara orientação para o mercado e para a valorização do património gastronómico local.

Durante um ano, o vencedor do selo “Terra Culinária”, deve apostar na sua promoção tendo em conta a gastronomia local e em iniciativas destinadas ao mercado nacional e internacional. Esta distinção pretende, ainda, incentivar o turismo, melhorando a relação do mundo rural e da produção típica local com a oferta integrada local. A divulgação da cultura local, a valorização dos profissionais do segmento, a potencialização de todos os elementos referentes à gastronomia no contexto turístico, e o reforço das suas características e peculiaridades são outros dos objetivos que têm como missão contribuir para o desenvolvimento da economia local.

A apresentação de candidaturas pode ser feita por qualquer entidade, desde que representativa de um município, unidade territorial ou sub-região, que prove conciliar pela sua natureza (associativa, jurídica ou outra) um conjunto de sectores relevantes para os propósitos do projeto. As candidaturas podem ser enviadas até 31 de agosto, e são, posteriormente, avaliadas por um júri composto por cinco elementos da organização - APTECE, Turismo de Portugal, DGARD - Direcção-Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural, bem como dois convidados. O vencedor será conhecido no 1.º Congresso Nacional de Turismo de Culinária e Economia.

artigo do parceiro:

Comentários