Anna Lins é a nova chefe executiva da Go Natural

Alimentação saudável de inspiração asiática é um dos pontos fortes de Anna Lins, a primeira mulher a fazer sushi em Portugal.

“Adorava que no futuro a marca fosse vista como muito mais do que comida de conveniência, que passe a ser um destino obrigatório, uma referência alimentar necessária, que possa ajudar e moldar as escolhas alimentares corretas de gerações futuras”, confessa Anna Lins, referindo-se à cadeia de lojas de conveniência saudável Go Natural.

Com um percurso focado na cozinha Japonesa, asiática e dietética, Anna Lins frequentou o Curso Superior de Cozinha e Produção Alimentar (ESHTE), passou pelos restaurantes Midori, Sushi Bar da Bica do Sapato e QB Essence, desenvolveu um projeto com o Chef Paulo Morais, o Umai “asian twist” e Izakaya do Umai, e leciona as disciplinas de Cozinha Asiática e Cozinha Dietética na Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril.

Recentemente, foi a única mulher de um do grupo de 19 pessoas em Portugal, que recebeu uma certificação ao nível do sushi. “A certificação em sushi, dada por uma entidade japonesa, é importantíssima para mim pois consolida o meu crescimento na cozinha japonesa que começou há 16 anos”. Longe vão os tempos em que o primeiro cliente (japonês) lhe disse: «Anna, as mulheres não fazem sushi».

O primeiro contacto com a cozinha da Go Natural aconteceu há 11 anos, quando participou na elaboração da primeira ementa da Sushi da marca. O contacto manteve-se, voltou a colaborar no controlo de qualidade do Sushi e, mais recentemente, desenvolveu algumas receitas para os menus de verão da Go Natural.

“Se pensarmos que em média fazemos 50% a 70% das nossas refeições fora de casa, o conceito de comida de conveniência saudável tem de ser uma escolha consciente e a maneira mais acertada de gerirmos o nosso dia a dia”, começa por explicar Anna. “Só se consegue isso utilizando ingredientes de qualidade. Gosto muito da inovação e capacidade da Go Natural para se aventurar sem medo em novos produtos e conceitos”.

A nova chefe executiva da Go Natural chega com “uma perspetiva externa à marca e a fervilhar de vontade de aplicar uma série de ideias. Espero poder associar as duas grandes experiências profissionais que tenho, - a de ser Chefe de Cozinha com a de dar aulas de cozinha dietética”.

artigo do parceiro:

Comentários