A equipa do Largo do Paço vai dirigir o Royal Automobile Club de Londres

É só por três dias, mas a honra é inédita. Pela primeira vez, este exclusivo clube privado londrino convida um hotel português a gerir o seu restaurante.

De 22 a 24 de janeiro, o chefe Vítor Matos e a sua equipa de seis cozinheiros vão conduzir a cozinha do restaurante Great Gallery Room, abrindo para almoço (à exceção de dia 24) e jantar com os mais exclusivos convidados. Todos os anos, o Royal Automobile Club convida um reputado hotel para apresentar a sua gastronomia, sendo esta é a primeira vez que um hotel português é convidado.

Por refeição a equipa servirá cerca de 70 clientes. No dia 22 o jantar será exclusivamente servido a membros do Royal Automobile Club e alguns representantes governamentais portugueses e ingleses, convidados pela Casa da Calçada e a Adega do Salvador, pela TAP e pelo Royal Automobile Club.

Parfait de foie gras com figos, maçã, moscatel e pinhões, Salmonete com ouriço-do-mar, carabineiro de Sagres e algas, Barriga de leitão com molho de pimenta preta, aipo, batata-doce, cenoura e laranja, Salmão com enguia e cabeça de porco fumada, alvarinho e açafroa dos Açores e Pudim Abade de Priscos, tangerina, baunilha, avelãs, alperce e vinho do Porto estão entre os pratos que compõem os menus de degustação. Vitor Matos preparou especialmente para a ocasião ementas que misturam tradição e novas tendências gastronómicas, em que os mais genuínos e frescos produtos do mar e da terra se conjugam harmoniosamente.

No dia 22, antes do jantar, será servido aos convidados uma degustação de vinhos da Adega do Salvador e uma seleção de néctares nacionais escolhidos pela TAP para apresentação neste evento.

Fundado em 1897 com o objetivo de encorajar o desenvolvimento do automobilismo na Inglaterra, o Royal Automobile Club é um dos mais reputados clubes privados de Londres e o clube mais velho da história do automóvel. A sua importância e contribuição para o desporto motorizado no Reino Unido valeram o reconhecimento do Rei Eduardo VII que, em 1907, o nomeou como “Royal Automobile Club”.

artigo do parceiro:

Comentários