Vinho do Porto: Grandes Tawnies, descubra as diferenças

Se está a ver este conteúdo é porque hoje é dia de descomplicar! Vamos falar de uma grande categoria especial do Vinho do Porto: os Grandes Tawnies.

Mas primeiro, alguns números do IVDP que nos ajudarão a entender a dimensão destes vinhos:

As categorias especiais de Vinho do Porto estiveram em grande durante o ano de 2013. No seu conjunto, os Vintage, Reserva, LBV, Tawnies envelhecidos e Colheitas representaram, pela primeira vez, mais de 21 % (21,8 %) da quantidade total exportada de Vinho do Porto. Mais importante ainda: estes vinhos premium foram responsáveis por mais de 40 % (40,6%) do valor das exportações.

Em 2013 foram transacionadas para o exterior do país 1,7 milhões de caixas de categorias especiais de Vinho do Porto, o que representa um crescimento de 3,1 % em quantidade e de 8,6 % do preço médio. Ou seja, vendeu-se mais e mais caro. O Vinho do Porto com indicação de idade do qual iremos tratar hoje cresceu 2,3 %.

Indicação de idade
Vinhos com Indicação de Idade são vinhos do Porto Tawny, ricos e complexos, que permanecem por períodos muito longos em cascos de carvalho. São vinhos extraordinários, obtidos por loteamentos de vinhos de várias colheitas de modo a agrupar diferentes características organolépticas (cor, aroma e sabor), ganhando assim complexidade, e cuja idade média é a indicada no rótulo (10 anos, 20 anos, 30 anos, 40 anos). Com o passar dos anos os vinhos tornam-se mais licorosos e claros, com caraterísticas e sabores de mel, canela, chocolate, entre outros.

Porto Tawny 10 anos Revelando um pouco mais de evolução do que o Porto Tawny Reserva, estes vinhos possuem semelhanças, embora com a garantia de que o vinho possui as características de um vinho com dez anos de idade.

Este é o caso do QUINTA DOS MURÇAS Porto Tawny 10 Anos, um projeto com a chancela Esporão no Douro, onde David Baverstock e Luís Patrão criaram este vinho, loteado a partir de vinhos das castas Tinta Amarela, Tinta Roriz, Tinta Barroca e Tinto Cão e estagiado em Pipas usadas, por um período médio de 10 anos. Resulta um vinho bastante complexo no nariz, com sugestões de frutos secos, nomeadamente figos e nozes e toques de baunilha. Elegante e intenso, e de grande frescura final.

Vinho Quinta das Murças

Porto Tawny 20 anos Com uma gama de cores que vão do âmbar avermelhado ao âmbar dourado, estes vinhos são raras preciosidades, plenas de frutos e sabores mais evoluídos, concentrados pelo envelhecimento em pequenas pipas de carvalho. Têm grande intensidade de aromas e sabores a baunilha torrada e a frutos secos, equilibrados por notas delicadas de carvalho.

O enólogo Dirk Niepoort já nos habituou a grandes vinhos e acertou em cheio neste NIEPOORT Porto 20 Anos, um vinho fabuloso no aroma, com notas fruta cristalizada e damascos secos que se sentem no palato, bem conjugadas com suaves notas de fruto seco (noz) no final.

Neste vinho estão representadas as castas Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinto Cão, Tinta Francisca, Tinta Amarela, Sousão, Tinta Roriz entre outras e envelheceu em pequenas pipas de carvalho (550 lts) nas caves em Vila Nova de Gaia, durante muitos anos.

Vinho

Porto Tawny 30 anos Alguns Portos são selecionados para um envelhecimento mais longo em pipas de madeira. A exposição gradual ao ar concentra e intensifica a sua fruta inicial, originando características mais complexas, como mel e especiarias sublinhados por aromas profundos a alperces secos, avelãs e baunilha.

Este GRAHAM'S 30 ANOS, é o exemplo perfeito desta categoria com um nariz magnificamente perfumado, com classe, exibindo grande variedade de frutos secos. Maduro, concentrado, rico e sedoso, com notas de mel. Simplesmente delicioso, com um final persistente impressionante. Este vinho produzido pela casa Symington Family Estates é um vinho premiado, já que ganhou uma Medalha de Ouro no International Wine Challenge 2000.

Vinho

Porto Tawny 40 anos A classificação de idade final dos Portos Tawny apresenta-nos vinhos maravilhosamente concentrados e complexos. Intensos, eles quase explodem na boca, enchendo o paladar de aromáticos sabores que nos arrebatam os sentidos.

Este QUINTA DO VALLADO Porto Tawny 40 Anos, nasce numa das mais antigas Quintas do Vale do Douro, que pertenceu a D. Antónia, a “Ferreirinha”, e que se mantém desde 1716, ano em que foi construída, ligada à família e na posse dos seus descendentes. Este vinho tem um aromamuito intenso e complexo com notas de tabaco e frutos secos. Vinho muito concentrado com excelente estrutura, notas de bolo Inglês, figos e frutos secos torrados. Tem um final de boca interminável.

A este nível, o decurso do tempo e a força da evaporação, confere a estes vinhos uma enorme concentração e transformam-nos quase numa essência.

Vinho

Termino com estas frases que não são minhas, mas penso exemplificarem de forma inequívoca a dimensão dos Grandes Tawnies…

“São vinhos que nos entusiasmam e emocionam, vinhos que nos transcendem e nos remetem para momentos de reflexão. Os Tawnys 30 e 40 anos são acima de tudo vinhos únicos e eruditos, que nos desafiam os sentidos e estimulam a razão.”…” São vinhos nobres e requintados, verdadeiros símbolos de prestígio e tradição.”

In revista, Revista Paixão Pelo Vinho

José Faria

Wine Adviser OUT OF THE BOTTLE

artigo do parceiro:

Comentários