Recolha de cogumelos silvestres: cuidados a ter

Todos os anos, no outono, há relatos de pessoas intoxicadas com cogumelos venenosos, em alguns casos levando mesmo à morte. Falámos com um especialista para saber como evitar estas situações.

Há pelo menos um milhar de variedades de cogumelos nas nossas florestas, mas poucas dezenas são comestíveis. E dentro dessfestival do cogumelo Alcaide, Fundãoas, nem todas têm grande interesse gastronómico e valor comercial.

A região da Beira Interior é uma das mais ricas do país a nível destes fungos, nomeadamente os míscaros, a pinheirinha, os boletos, o tortulho, o frade, a repolga, os alfinetes e tantos outros.

 José Luís Gravito Henriques, engenheiro agrónomo e autor do guia de campo “50 cogumelos silvestres das Beiras de interesse em conhecer”, deu-nos alguns conselhos no final de mais um passeio micológico do Festival do Cogumelo, na freguesia do Alcaide, Fundão. 

1. Apanhar apenas espécies que se conhece. Se apanhar alguma espécie que não conhece, deve colocá-la em recipientes diferentes para evitar contaminação.

2. Esta separação deve ser feita principalmente se a pessoa que apanha não é a mesma que os arranja, pois pode não estar avisada e advir daí uma situação muito grave.

3. Usar cestas de verga para a recolhe em vez de sacos de plástico, para permitir a dispersão dos esporos pela floresta.

4. Apanhar o cogumelo pela base do pé, com cuidado. No pé estão as características necessárias para identificação do cogumelo, evitando confundir com outras espécies que podem ser tóxicas.

5. Os cogumelos conhecem-se um a um pelas suas características. É preciso avaliar uma a um, com a ajuda de quem os conhece bem. Em caso de dúvida, não coma.

6. Não danificar os cogumelosGravito Henriques - Festival do Cogumelos, Alcaide, Fundão que não se conhece. Todos têm a sua função para manutenção da biodiversidade e desenvolvimento vegetal.

7. Tentar não apanhar a totalidade dos cogumelos que vê na floresta, deixando alguns que cumpram a função de reprodução. Se desviar alguma manta morta ao apanhar os cogumelos, deve repor a situação.

8. Evitar fazer estragos na vegetação, na manta morta e no solo vai permitir, mais tarde, o aparecimento de novos cogumelos.

artigo do parceiro:

Comentários