“Nigirizushi” não tropece neste japonês

«Nigirizushi», «Temakizushi»… e, pronto, já tropeçámos na língua. Para evitar complicações, fica o abecedário do sushi e de outras especialidades japonesas.

Gari: Gengibre em pikles cortado em fatias muito finas. Pode ser comido entre os diferentes pratos para limpar o palato e prepará-lo para o sabor seguinte.

Itamae San: Especialista em Sushi.

Kombu: Alga utilizada para temperar o arroz.

Makizushi: Tipo de sushi enrolado. É obtido com uma folha de alga seca (nori), enrolando nela um pouco de arroz, peixe e legumes. Basta enrolar o conjunto e colar as pontas da folha, humidificando-as. O rolo é depois cortado em fatias.

Nigirizushi:  Tipo de sushi moldado à mão. Consiste numa taça de arroz japonês (Gohan) sobre a qual é colocada uma posta de peixe cru. Também podem ser utilizados ingredientes como camarão, ouriço-do-mar, omeleta, legumes e muitos outros alimentos. É temperado com wasabi, um condimento com um gosto semelhante ao da mostarda.

Sakê: Vinho feito com arroz fermentado, de aroma forte e adocicado. O cálice deve estar sempre cheio.

Shoyu: Molho de soja.

Sashimi:  Peixe cru, geralmente confundido com sushi. É servido sem arroz, temperado com molho de soja e comido com wasabi e gengibre. Geralmente é servido antes do sushi, no início da refeição.

Sushi: Prato principal japonês feito à base de arroz condimentado com vinagre e peixe, que pode ou não estar cru.

Temakizushi: Tipo de sushi do feitio de um cone, formado por uma folha de alga seca preenchida com arroz e outros ingredientes, que se come à mão.

Wasabi: Pasta verde para tempero feita à base de rábano selvagem.

Peixe: A frescura e qualidade do peixe é essencial para um bom sushi. Especialmente se este for feito com o peixe cru. Para escolher bem o peixe, certifique-se que ele apresenta a pele lustrosa e brilhante, que o corpo está duro e firme ao toque, que os olhos estão límpidos e que as escamas estão bem encostadas umas às outras.

Marisco: Deve ser comprado fresco, os bivalves ainda com as conchas fechadas. Conserve-o no frigorífico e lave-o em água fria antes de o preparar.

artigo do parceiro:

Comentários