Como confecionar a Geneoise perfeita

Esta é, provavelmente, uma das massas de base mais utilizadas em pastelaria. Bastam quatro ingredientes (nem carece fermento) para obter um bolo simples. Pode, ainda, ser uma excelente base para bolos de camadas, tortas, charlottes

Antes de lançar mãos à obra e produzir esta receita de geneoise, leia atentamente as seguintes dicas sugeridas pelo chefe Rui Ribeiro:

- Todos os ingredientes deverão estar à temperatura ambiente;

- Quanto mais tempo bater os ovos juntamente com o açúcar, mais fofa e arejada ficará a massa da sua genoise;

- Pode aromatizar com raspa da casca de laranja ou limão, se preferir;

- Se não tiver batedeira elétrica, opte pelo seguinte método: bata num recipiente as gemas com o açúcar e as sementes de baunilha. À parte, bata as claras em castelo juntamente com uma pitada de sal. Incorpore as claras batidas no creme das gemas e açúcar e, finalmente, a farinha peneirada, envolvendo com movimentos suaves.

- Se utilizar uma forma mais alta, dê mais tempo no forno. Se, pelo contrário, utilizar uma forma maior mas mais baixa, o tempo de cozedura deverá ser reduzido;

- Não abra o forno nos primeiros 20 minutos, ou todo o processo poderá fracassar;

- Depois de completamente fria, pode envolver a genoise em película aderente e congelar, dentro de um saco ou recipiente com fecho hermético. Aguentará em perfeito estado durante várias semanas. Quando precisar de a utilizar, basta deixar descongelar a temperatura ambiente.

- Esta base é ideal para utilizar em bolos de camadas, tortas e charlottes, mas pode resultar um bolo ligeiramente seco, pelo que pode ser refrescado com uma calda de açúcar (ferva durante cinco minutos 200 ml de água juntamente com 100 gramas de açúcar e uma casca de limão e um pouco de vinho do Porto).

- Se, como eu, gostar dos bolos simples, basta polvilhar com um pouco de açúcar em pó e desfrutar!

Como confecionar a Geneoise perfeita

artigo do parceiro:

Comentários