Como abrir uma garrafa de Espumante Natural?

Uma série de regras sobre o procedimento para abrir uma garrafa de vinho, são quebradas no momento de se abrir um Espumante, ou não fosse este tipo de vinho especial.

Pode-se abrir uma garrafa de Espumante Natural no ar, sem estar colocada numa superfície ou dentro do balde com gelo (frapper). Para tal, deve-se rodar a garrafa para a rolha sair e até se pode (deve!) pegar no copo no momento de servir o vinho. Tudo isto é interdito quando trata-se de um vinho Branco ou Tinto.

Mas comecemos pelo princípio, a garrafa deve estar bastante fresca, a uns 4-5.ºC. Deve ter um frapper com gelo e um pouco de água para manter a frescura do vinho.

Não deve agitar-se demasiado a garrafa no seu transporte ou manuseá-la exageradamente dentro do frapper, senão a rolha vai saltar da garrafa sem controlo e o vinho sairá sobretudo em formato de espuma. A não ser que tenha ganho a Volta a Portugal em Bicicleta, este não é procedimento correto para abrir um espumante.

Com a garrafa dentro do frapper, remova a “cápsula”, muitas garrafas têm uma tira para “abertura fácil”. Ponha uma mão sobre a rolha e, com a outra mão, desaperte a Muselet (açaime de arame). Retire-a cuidadosamente, mantendo o polegar sobre a rolha para conseguir controlá-la no caso de começar a sair.

Cubra e segure firmemente a rolha com a mão, para que não seja projetada. Retire a garrafa do frapper e rode a garrafa (não a rolha!) lentamente mantendo a rolha imóvel. Segure a garrafa num ângulo de 45 graus, apontando-a no sentido inverso do seu corpo. Se rodar a rolha em vez da garrafa arrisca-se a ficar com a rolha na mão e a garrafa no chão, além disso, é mais fácil exercer força no fundo da garrafa do que na rolha. Liberte a rolha devagar, sempre coberta pela palma da mão. Logo que comece a sair, empurre-a para a fazer abrandar. A saída da rolha deve produzir um som tipo suspiro e não um “Pop!”. Desta forma o dióxido de carbono sairá lentamente e a “bolhas” manter-se-ão durante mais tempo.

Atreva-se e experimente ser o Sommelier de serviço aí em casa, abra e aprecie a minha sugestão de vinhos espumantes Naturais.

Teresa Gomes
(Sommelier OUT OF THE BOTTLE)

artigo do parceiro:

Comentários