Região de Turismo do Alto Minho

  • Charutos de ovos

    O açúcar vai ao lume dissolvido em água até formar o ponto de cabelo. Acrescenta-se, então, a amêndoa ralada, as 8 gemas com 1 colher de sopa de manteiga e uma casca de limão

  • Bolachinhas de Valença

    Amassa-se 1 kg de farinha de trigo peneirada com 200 g de manteiga de vaca, uma pitada de sal e um copo de leite. Sova-se bem a massa e deixa-se repousar durante 2 a 3 horas

  • Mexidos

    Põe-se o açúcar ao lume até atingir o ponto de espadana, pouco puxado. Tira-se do lume e adiciona-se o miolo do cacete e mexe-se bem com a colher para desfazer o pão

  • Barrigas de Freira

    Leva-se o açúcar ao ponto de pasta. Corta-se o pão-de-ló em fatias e dispõe-se numa travessa, cobrindo com metade do açúcar em ponto. Pela-se as amêndoas passando-as pela máquina

  • Migas doces

    Faz-se um xarope com açúcar e a água necessária. Miga-se finamente o miolo do pão. Quando o xarope estiver um pouco espesso, retira-se do lume e acrescenta-se o pão

  • Doce de farinha de pau

    Leva-se o açúcar ao lume com a casca de limão e um pouco de canela. Quando pegar um pouco, deita-se 2 colheres de farinha de pau, previamente peneirada e deixa-se ferver

  • Arroz doce

    Coze-se 250 g de arroz uma 1 casca de limão. Cobre-se com água. Quando a água se evaporar, deita-se 2 litros de leite que vai fervendo lentamente

  • Rabanadas do Sr. Sousa

    Deixa-se ferver o açúcar com a água durante 15 minutos. Corta-se o pão em fatias e passa-se no leite a ferver que já está com a canela em pau e o sal

  • Pudim de pão

    O pão vai a demolhar no leite quente. Passa-se no passe-vite. Junta-se a manteiga, assim como os restantes ingredientes