Semana de moda de Nova Iorque destaca tendências para o próximo outono/inverno

O azul cobalto e o preto e branco em destaque

Também foi possível observar nesta semana de moda que as silhuetas se vão tornar mais cintadas para o próximo inverno. Os illusion dresses são um tipo de vestido que provocam uma ilusão de ótica que favorece a silhueta, e estiveram bastante presentes na passerelle da Semana de Moda de Nova Iorque, muito bem representados pela marca DKNY. Donna Karan trouxe, não só um contraste, mas um degradê bem marcado, numa subtil ilusão de ótica.

As golas altas, fechadas ou estilizadas foram uma grande aposta das marcas para as estações mais frias. Jill Stuart, Tadashi Shoji, Rag & Bone, Helmut Lang e Jason Wu mostram looks em que o pescoço aparece sempre coberto.

Vamos agora ver algumas colecções mais em detalhe:

Marc by Marc Jacobs - O estilista Marc Jacobs colocou os anos 70 mais uma vez em evidência no mapa da moda internacional com o desfile de inverno da sua linha, Marc by Marc Jacobs. Mesmo com referência na moda dos anos 70, na coleção nenhuma referência à época aparece de forma literal, já que o próprio é bem conhecido por reinventar a moda deixando nela a sua identidade muito própria. Os estampados geométricos, vestidos, casacos oversized, saias lápis, blazers, calças cropped e outras preças foram mostradas com uma visão totalmente diferentes, surgindo reinventadas.

Jason Wu - O jovem estilista Jason Wu apresentou na NYFW a coleção intitulada "Extreme Femininity", onde o objetivo foi ressaltar e valorizar as curvas femininas, deixando as mulheres com um ar de poder e sedução. O destaque da coleção vai para o clássico "preto & branco", mas ficou também marcada po pontos de vermelho e camel, utilizados numa tendência mais militar. Casacos com bolsos, cintura marcada por cintos finos, gola alta, vestido fluidos, ombros volumosos e luvas de couro tiveram bastante destaque na passerelle.

Diane Von Furstenberg - DVF apresentou uma coleção de estampados coloridos e abstractos, vestidos envelopes que são um clássico da designer e criados para uma mulher actual.

Oscar de La Renta - Os vestidos desta coleção de inverno 2014 do estilista Oscar de La Renta surpreenderam os críticos da moda. Estampados coloridos, muita cor, vestidos com saias volumosas, rachas sedutoras e poderosas, foram umas das apostas para um inverno glamoroso.

Michael Kors - Foi possível ver recortes modernos e ousados, cores alegres, estampagens camufladas em tons de azul e verde, casacos volumosos e mixtura de texturas nobres em peças masculinas. A coleção teve destaque especial para a cintura marcada, vestidos ultra glam mullet e peplum e muitas fendas.

Saiba mais na página seguinte

Rachel Zoe – Esta foi uma das coleções mais esperadas por muito fãs da stylist e designer. Tudo foi feito para uma mulher jovem que adora valorizar o seu corpo na medida certa. A estilista apostou em peças com modelagens mais soltas e com bastante movimento, alfaiataria moderna misturada com couro, pouca cintura marcada e saltos vertiginosos.

BCBG Max Azria - Comandada pelo estilista americano Max Azria e com direção criativa de sua esposa, Lubov Azria, vem cheia de elementos pesados e muita, muita sobreposição.
O inverno 2014 da BCBG Max Azria será carregado de elementos como couro, pele e transparência. À parte, a marca também trabalhou muito com grafismos, uma tendência que surgiu nas passarelas de verão e se reafirma na estação mais fria do ano.
As cores permanecem clássicas da estação, ou seja, bastante sóbrias e fechadas tais quais: o preto e o azul em tons escuros. A única novidade fica por conta dos looks total white que reforçam a ideia de um inverno mais claro também.

Phillip Lim – O designer foi buscar inspiração no universo dos motoqueiros para criar o seu novo inverno batizado de “Sonomama”, que significa “como você é” em japonês. Como referências literais desse estilo, o estilista asiático levou para a passerelle muito couro, casacos, coletes e calças skinny, com destaque para o modelo de jeans com listras horizontais de patchwork. Lim conseguiu ir ainda mais além e trazer outros elementos interessantes, como os calções largos, as sandálias “over the knees” e os maxicasacos com aplicação de pelo.

Proenza Schouler - Os designers Lazaro Hernandez and Jack McCollough usaram como referência o trabalho do fotógrafo John Divola e sua série de estruturas e arquitetura da praia em decadência. A coleção é marcada pela suavidade feita de cores e exploração de ângulos.

Lacoste - Com modelagens atuais e estampagens sofisticadas, a marca usou cores neutras misturadas com tons fortes, mostrando que a moda desportiva pode ser usada também num look mais urbano.

Altuzarra - Depois de apresentar um verão com conceitos étnicos e produzir roupas com bordados e apliques poderosos, Joseph Altuzarra supreende Nova Iorque com uma coleção mais clean e urbana, quase toda representada na clássica combinação preto & branco. A alfaiataria, uma das maiores habilidades do estilista, esteve em grande destaque e o estilista levou para a passarelle peças cuidadosamente estruturadas, casacos bem cintadas e vestidos-casaco.

Prabal Gurung - Prabal Gurung apresentou uma coleção recheada de peças bem estruturadas em tom verde-oliva, com recortes magníficos em pontos estratégicos na medida e o peplum, que promete persistir por mais algumas estações… O ponto alto ficou por conta dos longos e ousados vestidos direcionados especificamente para a red carpet.

Diesel Black - A linha premium da Diesel, a famosa Diesel Black Gold, a sua primeira coleção, assinada pelo estilista Andreas Melbostad. A marca, mundialmente conhecida pelos jeans, apostou num inverno 2014 com um toque muito rock'n roll, onde predominava as cores preto e branco. Destaque para os jeans com aplicações, saias, casacos e vestidos de couro com bolsos, monocromia, saltos finos e zíperes.

Saiba mais na página seguinte

Maquilhagem

Não só de moda se fazem as tendências de uma Fashion Week. A maquilhagem também tem grande destaque e nesse sentido veja quais as cinco tendências principais para o próximo inverno:

1 – Sombra azul: Além de fazer parte da cartela de cores para as roupas de inverno, o azul reinou na maquilhagem, deixando os olhos sofisticados e ao mesmo tempo com um toque muito moderno.

2 – Batom cor de vinho: Assim como o vermelho e o nude, o batom vinho virou marca registada do inverno e volta com toda a força na próxima temporada, dando um glamour maior ao look. A paleta varia do roxo violeta intenso ao vinho mais aberto.

3 – Pele iluminada: Essa é a pele do inverno: muito iluminador nas maçãs do rosto e nas têmporas, assim como na cana do nariz.

4 – Eyeliner: Este é outro item de maquilhagem que ninguém dispensa. O eyeliner preto está presente na bolsa de maquilhagem de quase todas as mulheres, mas nesta temporada também vale apostar nos metalizados.

5 – Blush pêssego: Foi destaque no verão e repete-se na temporada mais fria do ano também.

15 de fevereiro de 2013

artigo do parceiro:

Comentários