Sabia que os saltos altos eram para os homens?

Pode parecer mentira, mas a verdade é que os sapatos de salto alto tiveram o seu inicio nos pés masculinos e por uma questão de conforto e não de sensualidade.

Os sapatos de salto alto são um dos calçados mais ligados à feminilidade. Usados pela maior parte das mulheres, eles transmitem poder e uma postura inigualável. Embora possam ser bastante desconfortáveis, a verdade é que existem mulheres que mesmo assim não os dispensam, nem que seja pelos centímetros a mais que acabam por ganhar com eles. Mas, apesar de tudo isto, sabia que os saltos altos foram criados para os homens?

Embora possa parecer mentira, a verdade é que os sapatos com salto eram usados há muitos anos no médio oriente por cavaleiros persas, de modo a garantir mais estabilidade sempre que precisassem de montar a cavalo.

No fim do século XVI, os saltos altos chegaram à Europa como símbolo de masculinidade e foi por isso, que o Rei Luís XIV foi um dos seus maiores fãs, talvez até mesmo por causa da sua estatura bastante pequena. Outra das curiosidades acerca do rei e dos seus sapatos, eram a cor utilizada na sola e também no salto, um pigmento vermelho que tinha como objetivo demonstrar riqueza e poder. Como estes sapatos só podiam ser utilizados pelo rei, mais tarde, começaram a surgir as suas primeiras falsificações.

Aproximadamente em 1630, as mulheres começaram a adotar estes sapatos na sua vida, até porque começaram a tornar-se mais andrógenas e masculinas. Como diferenciação ao longo do tempo, os sapatos de salto masculinos começaram a tornar-se mais robustos, enquanto os das mulheres se tornaram mais finos e alongados.

Após algum tempo, os homens deixaram de usar saltos nos sapatos e hoje em dia, eles são destinados apenas às mulheres.

Veja mais: As 5 fashion girls italianas que tem de seguir já nas redes sociais

Veja mais: Vá de robe

artigo do parceiro:

Comentários