Calçar português: Ana Amorim transformou uma paixão num negócio promissor

Uma junção de conhecimentos da modernidade e do artesanato

Ana Amorim é uma marca em nome próprio, um projeto que nasceu com base mais no senso comum do que em conhecimentos técnicos ou teóricos.

“Eu sou licenciada em Assistência Social, o que à partida nada tem a ver com design de calçado”. Quem o afirma é a própria Ana Amorim, que diz só ter procurado formação técnica quando começou a sentir a importância de traçar para si um plano que lhe permitisse a realização nos campos pessoal e profissional. Foi o contacto com o Centro de Formação Profissional do Calçado – CFPIC, em S. João da Madeira, que a ajudou a estruturar o processo formativo neste setor, juntamente com a sua equipa. Estavam assim adquiridas as competências necessárias ao desenvolvimento do projeto. Na 30.ª Edição do Portugal Fashion, com muita determinação e um sonho bem definido, Ana Amorim lançou a coleção Start 2.0.12 e começou a somar pequenas grandes vitórias: o 5º lugar no Desafio Ousar, promovido pela Associação Empresarial do Minho e a participação na neste mesmo certame, onde as suas criações desfilaram na passerelle com a D. Colletto. Ana Amorim nunca deixa de referir a junção de conhecimentos da sua juventude com a sabedoria dos artesãos e fabricantes. São eles que a acarinham de uma forma quase paternal, e que dão vida às suas criações vida e ao seu estilo feminino, girly e adequado a cada mulher. ana amorim Atualmente dedica a maior parte do seu tempo ao projecto My Way, um serviço de calçado exclusivo e personalizável, que pretende transpor para a realidade aquilo que as clientes vivem na esfera da imaginação. “O que posso dizer acerca do meu estilo e dos sapatos que crio? Experimentem!”. São estas as palavras de Ana Amorim, que transformou uma paixão num negócio promissor.

artigo do parceiro:

Comentários