Victoria Beckham é criticada por usar modelos excessivamente magras na Semana da Moda

A estilista, que apresentou a coleção Primavera/Verão 2016 em Nova Iorque, foi duramente criticada nas redes sociais e na imprensa internacional.
créditos: Imagens AFP

Apesar de a coleção ter sido um sucesso, as atenções centraram-se nas modelos escolhidas para o desfile que se realizou este domingo na Big Apple.

"Outro desfile de esqueletos" ou "Elas não parecem nada saudáveis" são alguns dos comentários negativos publicados nas redes sociais momentos após a apresentação da coleção Primavera/Verão 2016. Recorde-se que em 2010, a ex-Spice Girl afirmou que, futuramente, não iria incluir modelos extremamente magras e com ar doente nos seus desfiles. Ao que parece a promessa não foi cumprida e os fãs não gostaram.

Nem mesmo a imprensa internacional deixou de comentar o assunto. O ex-editor do jornal Daily Mail, Piers Morgan, mostrou a sua indignação por a estilista querer perpetuar a silhueta excessivamente magra que tem exibido ao longo dos anos.

"Eu sei que não quero que a minha filha, apenas com uns meses de diferença de Harper, cresça a pensar que é isto a que deve aspirar", afirmou na sua crónica.

Apesar da polémica, Victoria Beckham disse aos jornalistas que esta coleção foi desenhada para mulheres de "todas as formas e tamanhos", onde o objetivo principal é que se sintam "as melhores versões de si mesmas".

Na audiência estiveram presentes David e Brooklyn Beckham, que não quiseram deixar de apoiar a estilista neste momento tão importante da sua carreira.

Comentários